Equipe Carreiras

Equipe Carreiras

Lais Santos Alves - Especialista em Carreiras da Faculdade Ibmec.
Fernanda Schroder Gonçalves  - Gerente Nacional de Carreiras da DeVry Brasil.
Cynara Moreira Bastos Nazareth - Coordenadora de Carreiras do Ibmec Minas em Belo Horizonte.
Camila Luísa Malta Silva - Especialista em Carreiras da Faculdade Ibmec.

URL do site: http://www.investimentosenoticias.com.br/blogs/carreiras

FOMO – O medo de estar por fora

No mundo atual, tanto conteúdo e informação em tempo real pode gerar em algumas pessoas a necessidade de acompanhar tudo o que acontece no mundo globalizado por meio dos e-mails, aplicativos de mensagens e redes sociais. Como esse conteúdo é alimentado o tempo topo, algumas pessoas podem sentir uma ansiedade exagerada por querer acompanhar esse fluxo, seja de informações profissionais, pessoais, importante ou não.

Como a dinâmica do mundo VUCA impacta em sua carreira?

Existe um conceito que vem sendo utilizado na sociedade contemporânea representado pela sigla VUCA. A letra V refere-se a “Volatility” e demonstra a inconstância das coisas e situações, que mudam a todo momento, nesse mundo dinâmico e extremamente rápido. A letra U representa “Uncertainty” e está relacionada a falta de certezas, a possibilidade de surpresas constantes e a consequente insegurança. C representa “Complexity”, que mostra o quanto os aspectos do trabalho e do meio organizacional são impactados por diversas questões tanto no cenário nacional como estrangeiro e a confusão e o caos que cercam esse ambiente. Já a letra A refere-se a “Ambiguity”, diante de um cenário tão complexo, tendemos a tomar decisões em um contexto nebuloso que pode levar a decisões ou interpretações equivocadas e consequentes erros.
Esse mundo interdependente que foi construído a partir da globalização e se torna cada vez mais complexo, exige novas ou maiores competências como: visão, entendimento, clareza e agilidade.

Mudar de emprego: como fazer?

Os tempos atuais não são os mais favoráveis para grandes mudanças, pois vivemos um momento de instabilidade e as principais recomendações são paciência e cautela. 

Como administrar melhor seu tempo

No início do ano, os balanços pessoais tornam-se muito comuns. Entre êxitos e fracassos, é comum ouvirmos as considerações: “Fiz isso, mas não fiz aquilo”; “Queria ter tido tempo para isso”, “Se eu tivesse tido mais tempo”, “O tempo voou e eu não fiz isso”. Ocorre que na verdade, você opta, de forma consciente ou inconsciente, por coisas que parecem mais interessantes ou importantes. Por isso o tempo existiu e foi utilizado para aquele fim. O tempo é o mesmo para todos!

Assinar este feed RSS