Ibovespa acompanha exterior e cai 2,10%

  •  
Ibovespa acompanha exterior e cai 2,10% (Foto: Pexels) Ibovespa acompanha exterior e cai 2,10%

O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, opera com perdas nesta sexta-feira, 15, com investidores preocupados com o pacote de estímulo nos Estados Unidos. Além disso, eles também avaliam as vendas no varejo no país. Às 12h18, o índice avançava 2,10%, aos 120.902 pontos. O volume financeiro somava R$ 8.503 bilhões.

Dentre as ações que compõem o Ibovespa hoje, os papéis que mais valorizavam: JHSF ON (4,37%), Suzano ON (2,80%) e a B2W ON (0,58%). As maiores quedas: Sid Nacional ON (-3,90%) e a Usiminas PNA (-3,36%).

Agenda

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o comércio varejista nacional ficou próximo à estabilidade (-0,1%) em novembro frente a outubro, na série com ajuste sazonal, após seis taxas positivas consecutivas, período que o varejo acumulou ganho de 32,2%. A média móvel trimestral foi de 0,4% no trimestre encerrado em novembro. Na série sem ajuste sazonal, houve aumento de 3,4% em novembro de 2020 frente a novembro de 2019, ante 8,4% em outubro de 2020, sexta taxa positiva consecutiva.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) anunciou que o Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) variou 1,33% em janeiro. No mês anterior, o índice havia apresentado taxa de 1,97%. Com esse resultado, o índice acumula alta de 24,49% em 12 meses. Em janeiro de 2020, o índice subira 1,07% no mês e acumulava elevação de 7,81% em 12 meses.

Exterior

O departamento do Comércio dos Estados Unidos anunciou que as vendas varejistas no país registraram uma queda de 0,7% no mês de dezembro em comparação com o mês anterior. Analistas esperavam uma queda de 0,2% no indicador de vendas nos comércios e restaurantes.

Fechamento anterior

Na quinta-feira, 14, o Ibovespa encerrou o pregão com alta de 1,27%. O índice fechou a sessão aos 123.480,52 pontos, com um giro financeiro de R$ 30,592 bilhões. Entre as ações com as maiores altas, estão as da Embraer, valorização de 8,48%, Azul, alta 7,26%, e EcoRodovias, alta de 5,61%.

(Redação – Investimentos e Notícias)