Movida aprova pagamento de Juros sobre capital próprio

  •  
Movida aprova pagamento de Juros sobre capital próprio Foto: Divulgação Movida aprova pagamento de Juros sobre capital próprio

A Movida Participações S.A, em reunião do Conselho de Administração, realizada em 29 de março de 2019, anunciou que os membros do Conselho de Administração aprovaram o pagamento de juros sobre o capital próprio aos acionistas, conforme faculta Artigo 30, § 3º do Estatuto Social, sujeito às seguintes condições:

1. Base Acionária para Fins do Pagamento
Farão jus aos juros sobre o capital próprio os detentores de ações de emissão da Companhia, conforme posição acionária de 28 de junho de 2019.

2. Montante Total dos Juros Sobre o Capital Próprio
Valor bruto total de R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais), correspondentes a R$ 0,076228950 por ação.

O valor dos juros sobre o capital próprio está sujeito ao imposto de renda na fonte à alíquota de 15% (quinze por cento), exceto para os acionistas comprovadamente isentos ou imunes, ou acionistas domiciliados em países ou jurisdições para os quais a legislação estabeleça alíquota diversa. Os acionistas isentos ou imunes deverão comprovar a sua condição até 27 de junho de 2019, encaminhando a documentação pertinente à Companhia, aos cuidados do Departamento de Relações com Investidores da Companhia.

3. Data do Pagamento dos Juros Sobre o Capital Próprio
10 de julho de 2019, 'ad referendum' da Assembleia Geral Ordinária que aprovar as contas do exercício de 2019.

4. Negociação Ex-Direito ao Juros Sobre Capital Próprio
As ações da Companhia serão negociadas ex-direito aos juros sobre capital próprio a partir de 1º de julho de 2019, inclusive.

5. Imputação aos Dividendos Obrigatórios
Os juros sobre o capital próprio, líquidos do imposto de renda na fonte serão imputados aos dividendos obrigatórios relativos ao exercício de 2019, conforme artigo 9º, parágrafo 7º, da Lei 9.249/95 e item V da Deliberação CVM nº 207/96, e o artigo 30, parágrafo 3º do Estatuto Social da Companhia.

6. Instruções Quanto ao Crédito 
Os acionistas cujo cadastro não contenha CPF/CNPJ ou indicação de Banco/Agência e Conta Corrente, terão os seus direitos creditados logo após a devida regularização do seu cadastro, junto às Agências do Bradesco S.A. Para os acionistas que possuem suas ações custodiadas na CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia), deverão confirmar/alterar seus dados bancários e cadastrais através do seu agente de custódia.

(Redação - Investimentos e Notícias)