Petro Rio aprova desdobramento das ações de sua emissão

  •  
Petro Rio aprova desdobramento das ações de sua emissão Foto: Divulgação Petro Rio aprova desdobramento das ações de sua emissão

A Petro Rio S.A., em atendimento ao disposto na Instrução CVM nº 358/2002, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que foram aprovados em Assembleia Geral Extraordinária, realizada no dia 1 de março de 2019, i) o desdobramento das ações de emissão da Companhia, à razão de 1/10, de forma que cada ação de emissão da Companhia passe a ser representada por 10 (dez) ações; e ii) a ratificação da eleição do Sr. Nelson de Queiroz Sequeiros Tanure ao Conselho de Administração.

Serão emitidas 122.018.211 novas ações, sendo que o capital social da Companhia se mantém no valor de R$ 3.421.864.092,46, passando a ser composto por 135.575.790 ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal.

O desdobramento será efetuado sempre em números inteiros, diante disso não há que se falar em tratamento de frações. As novas ações emitidas terão os mesmos direitos e características das ações atualmente existentes, participando de forma integral a todos os benefícios, inclusive a dividendos e eventuais remunerações de capital que vierem a ser aprovados no exercício.

As ações passarão a ser negociadas desdobradas (“ex-desdobramento”) no dia 6 de março de 2019.

O crédito das ações desdobradas será realizado no dia 11 de março de 2019 pelo Banco do Brasil, na função de escriturador.

O desdobramento tem como principais objetivos:

• Manter o valor de cotação da ação no mercado em um patamar atrativo à negociação para todas as classes e portes de investidores;

• O aumento da liquidez. As ações passam a ser mais acessíveis a investidores de menor porte por permitir a aquisição de lotes mínimos a preços menores;

• O aumento do índice de negociabilidade, devido ao maior número de lotes negociados, o que aumenta as chances de a Companhia ingressar nos índices da B3, como o índice IBrX-100, atraindo uma gama de novos acionistas indexados aos mesmos.

(Redação - Investimentos e Notícias)