Sinqia fixa preço por ação no âmbito da oferta restrita

  •  
Sinqia fixa preço por ação no âmbito da oferta restrita Foto: Divulgação

A Sinqia S.A. (B3: SQIA3) anunciou que, em reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada hoje, 18, no âmbito da Oferta, aprovou o estabelecimento do preço por Ação no valor de R$ 62,00 (sessenta e dois Reais) (“Preço por Ação”), resultando em um montante total da Oferta de R$ 362.700.000,00 (trezentos e sessenta e dois milhões e setecentos mil Reais), valor este que corresponde ao montante do aumento de capital da Companhia, dentro do limite do capital autorizado previsto em seu Estatuto Social.

Em razão do aumento do capital social da Companhia no âmbito da Oferta, o novo capital social da Companhia passará de R$ 50.560.593,84 (cinquenta milhões, quinhentos e sessenta mil, quinhentos e noventa e três Reais e oitenta e quatro centavos), divido em 11.787.203 (onze milhões, setecentas e oitenta e sete mil, duzentas e três) ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal, para R$ 413.260.593,84 (quatrocentos e treze milhões e duzentos e sessenta mil e quinhentos e noventa e três Reais e oitenta e quatro centavos), dividido em 17.637.203 (dezessete milhões e seiscentos e trinta e sete mil e duzentos e três) ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal.

A realização da Oferta, com a exclusão do direito de preferência dos atuais Acionistas da Companhia e a concessão aos Acionistas do direito de participação no âmbito da Oferta Prioritária, bem como seus termos e condições, foram aprovadas em reunião do Conselho de Administração da Companhia, realizada em 05 de setembro de 2019 (“RCA da Oferta”). Em assembleia geral extraordinária de acionistas realizada em 12 de setembro de 2019, foi aprovado o aumento do limite do capital autorizado para até R$ 1.000.000.000,00 (um bilhão de Reais), com a consequente alteração do artigo 5º do Estatuto Social da Companhia, verificando-se, portanto, a condição para a continuidade da Oferta.

O Preço por Ação, o efetivo aumento de capital da Companhia, dentro do limite do capital autorizado previsto em seu Estatuto Social, bem como a homologação do aumento de capital foi aprovado em reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada nesta data, cuja ata será devidamente arquivada na JUCESP e publicada no jornal “Valor Econômico”, após a obtenção de seu registro na JUCESP.

(Redação - Investimentos e Notícias)