Ibovespa registra novo recorde e marca 89.820 pontos

O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, bateu nesta segunda-feira (03) mais um recorde nominal ao encerrar o dia em 89.820 pontos, alta de 0,35% em relação ao pregão anterior. O recorde anterior, de 89.709 pontos, foi registrado em 29 de novembro de 2018. O giro financeiro somou R$ 17,771 bilhões.

Recordes do Ibovespa devem continuar, afirmam especialistas

Com a trégua acertada entre os EUA e China, os mercados globais engataram o rally de fim de ano, que já estava prometido com a sinalização do FED de juros mais baixos. A tendência é que a alta da aversão ao risco seja interrompida, gerando fluxo para ativos de maior risco, como ações, títulos corporativos e papéis de emissores de países emergentes. Os índices acionários globais estão em forte alta, com destaque para Xangai, Frankfurt e Nasdaq.

Ibovespa fecha novembro acumulando ganhos de 2,38%

O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, fechou o último pregão da semana e do mê em baixa de 0,23%, aos 89.504,03 pontos, acumulando ganhos de 2,38% em novembro e no ano a alta é de 17,15%. O Ibovespa chegou a subir 0,6% na máxima da sessão, quando atingiu 90.245,54 pontos. O giro financeiro somou R$ 19,623 bilhões.

Duratex integra carteira do ISE pelo 11º ano

A Duratex S.A. comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, pelo décimo primeiro ano consecutivo, as ações da Companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3, o ISE. Presente na lista desde a edição de 2008/2009, fomos incluídos na carteira que vigorará de 7 de janeiro de 2019 até 3 de janeiro de 2020.

Banco do Brasil pagará JCP no dia 28/12

O Conselho Diretor do Banco do Brasil, reunido em 26/11/2018, aprovou o valor de R$ 350.059.500,00 a título de remuneração aos acionistas sob a forma de Juros sobre o Capital Próprio (JCP), relativos ao quarto trimestre de 2018.

Assinar este feed RSS