Conselho do Atacadão aprova pagamento de JCP

O Conselho de Administração do Atacadão aprovou, em reunião realizada em 20 de fevereiro de 2020, proposta de distribuição do valor de R$ 12.000.000,00 durante o ano de 2020, na forma de juros sobre capital próprio, relativos ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2019.

Camil paga Juros sobre Capital Próprio no dia 12 de março

A Camil Alimentos S.A. informa que no dia 20 de fevereiro o Conselho de Administração da Companhia aprovou o pagamento aos acionistas de juros sobre capital próprio (JCP) referentes ao 3° trimestre do presente exercício social da Companhia, encerrado em 30 de novembro de 2019, no valor bruto de R$ 15.000.000,00, correspondente ao valor bruto unitário de R$ 0,0405405405 por ação ordinária, os quais serão imputados líquidos de imposto de renda ao dividendo mínimo obrigatório do exercício corrente.

BK Brasil aprova distribuição de R$ 11,5 milhões de JCP

O BK Brasil Operação e Assessoria a Restaurantes S.A. comunica aos seus acionistas que o Conselho de Administração da Companhia aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio, à conta de parte dos lucros apurados entre 01/01/2019 e 31/12/2019, no montante total de R$ 11.528.954,21, equivalente a R$ 0,050814596 por ação.

Telefônica delibera crédito de Juros Sobre Capital Próprio

A Telefônica Brasil S.A. comunica aos acionistas que o seu Conselho de Administração, em reunião realizada em 14 de fevereiro de 2020, deliberou o crédito de Juros Sobre Capital Próprio (JSCP), relativo ao exercício social de 2020, no montante bruto de R$ 270.000.000,00, com retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%, resultando no montante líquido de R$ 229.500.000,00, com base no balanço patrimonial de 31 de janeiro de 2020. O valor por ação está descrito abaixo:

Itaú Unibanco aprova pagamento de dividendos e JCP complementares

O Itaú Unibanco Holding comunica aos seus acionistas que o Conselho de Administração, reunido no dia 10 de fevereiro, aprovou o pagamento, em 6 de março, de dividendos complementares no valor de R$ 0,4832 por ação e dos juros sobre o capital próprio complementares (JCP) no valor de R$ 0,5235 por ação, com retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,444975 por ação, excetuados dessa retenção os acionistas pessoas jurídicas comprovadamente imunes ou isentos, tendo como base de cálculo a posição acionária final registrada no dia 20 de fevereiro:

Banco Pan aprova JCP no valor de R$ 198 milhões

O Banco PAN S.A. comunica o pagamento de Juros Sobre Capital Próprio referente ao exercício de 2019 (JCP), no valor de R$ 198.000.000,00, sendo R$ 0,164307700 por ação, os quais serão pagos até o dia 19 de fevereiro de 2020, com base na posição acionária de 14 de fevereiro de 2020, sem nenhuma remuneração a título de atualização monetária e com retenção do imposto de renda na fonte, na forma da legislação em vigor, os quais serão imputados, ad referendum da Assembleia Geral Ordinária da Companhia, aos dividendos mínimos obrigatórios do mesmo exercício.

BTG Pactual aprova JCP e paga até 31 de março de 2020

O Banco BTG Pactual S.A. comunica a distribuição de proventos na forma de juros sobre capital próprio, os quais serão pagos aos detentores de ações na proporção de suas participações no capital social da Companhia, e sofrerão a retenção de 15% referente ao Imposto de Renda na Fonte, nos termos da legislação aplicável.

Assinar este feed RSS