Inadimplência do sistema financeiro fica estável em agosto

O Banco Central (BC) divulgou nesta sexta-feira, 26, que a taxa média de juros das operações de crédito do sistema financeiro, computadas as operações com recursos livres e direcionados, atingiu 21,1% a.a. em agosto, após queda de 0,3 p.p. no mês e aumento de 1,8 p.p. em doze meses. O indicador referente ao crédito livre alcançou 32,2% a.a., com queda de 0,1 p.p. no mês e elevação de 4,1 p.p. em doze meses. No crédito direcionado, situou-se em 8% a.a., após redução de 0,2 p.p. e aumento de 0,8 p.p., nas mesmas bases de comparação.

BC diz que atua no câmbio "sempre que julga necessário"

O Banco Central (BC) atua no mercado de câmbio "sempre que julga necessário" para reduzir fortes oscilações (volatilidade), dar fluidez e assegurar o funcionamento do segmento, disse hoje (24) o chefe do Departamento Econômico da autarquia, Tulio Maciel. Apesar disso, Maciel enfatizou que o câmbio no Brasil é "flutuante", ou seja: é definido pelo mercado.

Déficit em conta corrente soma US$5,5 bilhões em agosto, revela BC

O balanço de pagamentos apresentou superávit de US$2,4 bilhões em agosto. O déficit em transações correntes somou US$5,5 bilhões no mês e US$54,8 bilhões no ano, patamar inferior ao registrado no mesmo período de 2013, US$57,6 bilhões. Nos doze meses até agosto, as transações correntes acumularam déficit de US$78,4 bilhões, equivalente a 3,47% do PIB. Na conta financeira, destacaram-se os ingressos líquidos de investimentos estrangeiros diretos (IED), US$6,8 bilhões, e investimentos estrangeiros em carteira, US$5,4 bilhões.

Reservas internacionais totalizaram US$379,4 bilhões em agosto

Nesta quarta-feira, 24, o Banco Central divulgou que as reservas internacionais no conceito liquidez totalizaram US$379,4 bilhões em agosto, elevação de US$315 milhões em relação ao mês anterior. Em agosto, o estoque de linhas com recompra atingiu US$200 milhões, recuo de US$2,1 bilhões em relação à posição de julho. A receita de remuneração das reservas somou US$251 milhões. As variações por preços aumentaram o estoque em US$607 milhões, enquanto as variações por paridades provocaram diminuição de US$684 milhões. No conceito caixa, o estoque de reservas atingiu US$379,2 bilhões em agosto, aumento de US$2,4 bilhões em relação ao mês anterior.

(Redação – Agência IN)

Dívida externa totalizou US$333 bilhões em agosto

O Banco Central divulgou nesta quarta-feira, 24, que a posição da dívida externa bruta estimada para agosto totalizou US$333,1 bilhões, diminuição de US$131 milhões em relação ao montante apurado para junho de 2014. A dívida externa estimada de longo prazo atingiu US$288,3 bilhões, redução de US$2,6 bilhões, enquanto o estoque de curto prazo somou US$44,8 bilhões, aumento de US$2,4 bilhões em relação ao estoque de junho de 2014.

Assinar este feed RSS