Eleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria

O eleitor com mais de 70 anos de idade também deve participar da coleta de dados biométricos realizada pela Justiça Eleitoral. Embora a Constituição Federal determine que o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para o cidadão nessa idade, no caso de revisão eleitoral, todos os eleitores, inclusive aqueles para os quais o voto é facultativo – maiores de 16 e menores de 18 anos, maiores de 70 anos e analfabetos – devem comparecer aos cartórios para o cadastramento biométrico.

Maioria do STF mantém cancelamento de títulos sem biometria

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (26) rejeitar pedido de liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento dos títulos de eleitores que não realizaram o cadastramento por biometria nas localidades que foram escolhidas pela Justiça Eleitoral.

Para facilitar acesso à biometria, SP recebe ação itinerante do TSE

Foi lançado ontem (23) em São Paulo o Programa Justiça Eleitoral Itinerante que tem, entre outros objetivos, a intenção de facilitar o acesso ao cadastramento biométrico. A iniciativa, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pretende também aproximar o eleitor e ampliar a capacitação de pessoas que estejam envolvidas no processo eleitoral.

Novos skimmers ameaçam caixas eletrônicos

Especialistas da Kaspersky Lab têm realizado investigações para detectar quais artimanhas cibercriminosos podem explorar para aplicar golpes de autenticação em caixas eletrônicos, mesmo com as mais modernas tecnologias desenvolvidas pelos bancos, como a biometria. Considerada pelas organizações financeiras uma das soluções mais promissoras na verificação de dados, e possível método a ser adotado em todos os terminais bancários, criminosos veem na identificação biológica uma nova oportunidade de roubo de informações sigilosas.

Uso da biometria deve crescer mais de 25% ao ano até 2024

O uso da tecnologia biométrica vem se consolidando mundialmente nos últimos dois anos. De acordo com estudo realizado pela consultoria norte-americana Tractica, esse mercado de reconhecimento de impressões digitais, íris e voz está sendo incorporado em vários países e em diferentes segmentos – que vão desde sistemas de acesso da população pouco escolarizada a benefícios governamentais até o acesso restrito a áreas estratégicas dentro de uma empresa ou governo. A expectativa é que esse mercado salte de US$ 2 bilhões em 2015 para quase US$ 15 bilhões em 2024, com receita acumulada de US$ 67,8 bilhões em dez anos.

Tecnologia biométrica reduz número ataques de hackers e é mais precisa

Existem dois tipos de empresa; as que sabem que estão sendo vítimas de hackers e as que não sabem. No entanto, por mais que se tomem cuidados, tosas estão suscetíveis a sofrer ataques. Para o vice-presidente comercial e de marketing da empresa norte-americana Lumidigm, Phil Scarfo, as medidas dinâmicas de segurança adotadas pelas companhias para reduzir a vulnerabilidade e prevenir fraudes, é o principal fator que diferencia uma empresa da outra. Scarfo explica que o sistema é um jogo interminável de gato e rato, ou seja, da mesma forma que existem plataformas voltadas à proteção, também há outras cujo único objetivo é derrotá-las. Por isso é tão importante conhecer as novas modalidades de fraudes.

Assinar este feed RSS