5 dicas para se dar bem nas entrevistas por vídeo

  •  
5 dicas para se dar bem nas entrevistas por vídeo (Foto; Divulgação) 5 dicas para se dar bem nas entrevistas por vídeo

Ter um computador de última geração não garante o sucesso de uma entrevista por vídeo. Há outros aspectos que devem ser levados em consideração para que esse tipo de avaliação seja bem sucedida, como apresentação, ambientação e roteiro definido. Quem ensina como se sair bem nesse tipo de situação é Ricardo Haag, gerente executivo da Page Personnel, uma das maiores empresas globais de recrutamento especializado de profissionais técnicos e de suporte à gestão, parte do PageGroup.

“O candidato precisa cuidar de todos os aspectos que envolvem uma conversa por vídeo. É importante verificar a conexão à internet e fazer testes previamente. Essa pessoa pode ter sua avaliação prejudicada se a conversa for interrompida algumas vezes por problemas de conectividade. É uma situação embaraçosa e constrangedora para os dois lados”, revela o consultor.

Confira abaixo as cinco dicas elaboradas por Haag para que os candidatos tenham sucesso na avaliação por vídeo:

- Cuidado com o ambiente: criança chorando, televisão com volume alto, cachorro latindo. Situações como estas atrapalham a conversa do postulante à vaga. É recomendável que a avaliação seja feita em um ambiente calmo e silencioso. As influências externas podem gerar ruídos na comunicação e atrapalhar a compreensão das informações.

- Apresentação: os cuidados que um candidato deve ter durante uma entrevista pessoal também valem para o diálogo em vídeo. Trajes sociais também são os mais apropriados para esses casos.

- Check-up técnico: de nada adianta ter um computador potente se a conexão com a internet é lenta. Consulte qual pacote tem contratado e se é adequado para entrevista por vídeo. Outros detalhes fundamentais, como áudio e iluminação, devem ser minuciosamente verificados.

- Informações à mão: se preparar bem para a entrevista é fundamental para obter sucesso. O candidato precisa pesquisar e obter dados sobre a empresa contratante e da vaga ofertada. Mostrar conhecimento e poder de argumentação com o entrevistador ajudam o entrevistado a ter um bom desempenho.

- Pontualidade: não confunda avaliação a distância com bate-papo com os amigos. É um compromisso agendado com profissionais. A regra é a mesma para o ambiente virtual: comprometimento com o relógio conta pontos.

(Redação – Agência IN)