Agências de intercâmbio investem massiçamente em programas voltados à classe C

  •  
Agências de intercâmbio investem massiçamente em programas voltados à classe C Divulgação

Programas de intercâmbio são uma opção para quem busca ampliar a fluência em um idioma, ou até mesmo para quem nunca teve nenhum tipo de contato com aquela língua em questão. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) com jovens de 14 a 35 anos, 65,8% deles possuem interesse em vivenciar uma experiência fora do Brasil.

Neste segmento, as operadoras fornecem muitas opções mais em conta voltadas para a Classe C, público este que vem ganhando espaço neste escopo. É o que aponta Marcelo Conrado, especialista em recrutamentos internacionais e intercâmbios remunerados. Segundo Conrado, só em 2014 já ocorreu um aumento na demanda de 30% por esse tipo de programa, que pode ser de longa ou curta duração, sendo os que aliam aprendizado e oportunidade de emprego os que mais atraem a categoria.
O especialista revela que não é necessário um alto investimento para que esse sonho se concretize: com R$2 mil já é possível passar dois anos em Dubai com tudo incluso. “Há também opções onde as redes hoteleiras patrocinam essa taxa aos melhores candidatos que, dessa forma, só têm o gasto com o passaporte e exames médicos”, explica Conrado. Ele ressalta que a maioria das oportunidades de emprego está concentrada no setor de hotelaria e turismo.

 

(Redação- Agência IN)

Última modificação emQuinta, 05 Junho 2014 17:43