Supere o mito do trabalho estável

  •  
Como o empreendedorismo digital pode ajudar as pessoas a terem uma vida mais livre e confortável, diferente do que oferece um trabalho formal Foto: Divulgação Como o empreendedorismo digital pode ajudar as pessoas a terem uma vida mais livre e confortável, diferente do que oferece um trabalho formal

Foi-se o tempo em que ter um trabalho estável e um salários todos os meses eram sinônimos de segurança. É possível que, ao longo da vida, você passe por mais de uma crise financeira que provoque, desde a perda do emprego até a diminuição salarial. Como é possível evitar isso?

O empreendedor digital e idealizador dos sites Empreendedor Digital e Férias Sem Fim, Bruno Picinini, recomenda que a primeira coisa é se desprender destes conceitos. Segundo Picinini, ter um salário não deve ser visto como algo confortável ou seguro. “O salário, na verdade, é uma prisão que mantém você lá trabalhando mais do que deveria em algo de que você não gosta. E se você não fizer algo a respeito, nada vai mudar”.

Pelo contrário, para Picinini, a tendência, neste ritmo é piorar. Como? Se você resolver ganhar mais, a tendência é que trabalhe mais, ou ganhe mais por hora trabalhada. “Trabalhar mais uma ou duas horas depois que você já trabalhou 14 horas por dia não é nada fácil. No longo prazo eu diria que é impossível. E aumentar quanto você ganha por hora não é você que decide. É por essas e outras que o sistema está quebrado. Um sistema que não quer seu crescimento, mas sim mantê-lo sempre de acordo com o melhor custo-benefício visando ao lucro da empresa em si”.

São por esses motivos que o nosso modelo de trabalho tradicional é ultra- passado, ineficiente e – acima de tudo – está quebrado. Como romper com esse círculo? Tomando o controle da própria vida e controlando quão rápido e quão longe quer chegar. Esse é o caminho das pessoas chamadas de Verdadeiros Ricos (VR).

Essas pessoas escolhem levar uma vida bem diferente da convencional, pois é foco é ter mais liberdade e qualidade de vida. “Vivem onde quiserem no mundo e sem abandonar o lado financeiro da vida. Quando sabemos que há alternativa, uma nova maneira de encarar a vida que possibilita vivê-la em seus próprios termos, tudo muda”.

Para Picinini, investir em um empreendimento digital é uma das possibilidades de romper com esse sistema de trabalho, cada vez mais imprevisível, e que ainda permite adotar um estilo de vida mais livre e com qualidade.

“O empreendedorismo digital permite que a pessoa escolha com o que quer trabalhar e como quer trabalhar. Vender algo que você conhece, para pessoas que estão em busca do seu produto, seja um produto convencional, até mesmo curso, conhecimento, que é o que eu desenvolvo. O mundo do trabalho está mudando rapidamente e sobrevive quem se adaptar a estas mudanças. Empreender digitalmente é uma boa maneira de se adaptar e ganhar neste novo cenário”, defende Picinini.

(Redação - Agência IN)

Última modificação emTerça, 09 Maio 2017 08:14