Veja dicas sobre o momento certo de pedir um aumento e como deve proceder

  •  
Veja dicas sobre o momento certo de pedir um aumento e como deve proceder Divulgação

Uma das questões mais delicadas no mercado de trabalho é pedir o aumento de salário. Esta situação ocorre pois não há uma fórmula infalível para que tal pedido seja realizado, fora que a forma como isso será feito depende muito da empresa a qual o profissional trabalha. O empregado acaba ficando inseguro, uma vez que acredita ser merecedor do reajuste e, mesmo assim, não quer gerar constrangimentos com seu chefe, além do quê, fazer isso implica em conseqüências que podem não ser tão boas. É necessário prestar atenção, pois qualquer tropeço pode fazer com que o profissional se prejudique ou fique mal visto pelo  seu superior.

Em razão deste cenário que se apresenta, a diretora de projeto da empresa Outliers Careers, Madalena Feliciano, aponta algumas dicas para que você não cometa deslizes na hora de solicitar o pedido.
Uma das dicas mais importantes é saber o momento mais adequado para isso ser feito. “Não fale sobre aumento quando você ou seu chefe estiverem ocupados ou preocupados com algum outro assunto. O ideal é agendar um horário em um dia mais tranquilo”, aconselha Madalena. Ainda em relação a essa questão, o pedido não deve ser feito quando seu superior lhe solicitar um favor, pois existem grandes chances dele pensar que foi uma situação constrangedora e pode tentar dar o troco depois, quando não necessitar tanto de você. “O momento ideal é quando seu trabalho vem sendo constantemente elogiado, não só pelos superiores, mas também por clientes ou pessoas de outros departamentos”, ressalta.
Outra ideia que deve ser levada em consideração é evitar as famosas indiretas, ou seja: você deseja um aumento? Então marque uma reunião com seu chefe para tratar especificamente sobre isso, procurando ser sempre direto. Sendo assim, já chegue com uma proposta concreta. Madalena explica que deve-se dizer qual a porcentagem que você espera de aumento, mas também esteja disposto a negociar. No entanto, não apareça com propostas surreais: faça pesquisas prévias no mercado sobre a média salarial daquele setor e apresente tais números para seu superior, destaca.
Conseguiu ampliar seus rendimentos na empresa e/ou trouxe novos clientes? Pode provar isso numericamente? Mostre para seu chefe as estatísticas. Prove pra ele o quão importante você é para a empresa, bem como que o investimento em você valerá a pena. Aponte exemplos de resultados e desempenhos de destaques.
Também não se deve esquecer de manter uma postura calma durante a conversa, sabendo lidar com críticas e contratempos. Se a resposta for negativa, não tome isso para o lado pessoal. Pode ser que não era a hora mas, de qualquer forma, deixe as portas abertas para futuras negociações, e mantenha o esforço para que possa tentar novamente em um futuro próximo, nem que isso ocorra em outro emprego. “Mas, se no fim, a resposta for positiva, agradeça, de forma não exagerada, ao seu chefe. E, para mostrar que essa escolha tomada por ele foi a certa, não relaxe no trabalho – faça sempre o seu máximo”, conclui Madalena.

 (Redação- Agência IN)

Última modificação emSegunda, 07 Julho 2014 15:44