Vestibulandos fazem curso intensivo no período de festas de fim de ano

  •  
Vestibulandos fazem curso intensivo no período de festas de fim de ano (Foto: Divulgação) Vestibulandos fazem curso intensivo no período de festas de fim de ano

A redação ainda é um assunto que tira o sono de muitos estudantes, sobretudo pelo peso de quase 20% nas notas finais dos mais concorridos vestibulares do país. Com a chegada da segunda fase das provas da Fuvest e Unicamp, a serem realizadas em janeiro, cerca de 120 alunos estão intensificando os seus estudos durante as férias no Laboratório de Redação – Adriano Chan ( Av. Paulista, 807).

Um dos focos principais das aulas está na preparação dos alunos para as diferentes exigências dos examinadores das provas de redação destes dois vestibulares. Porém, o diretor do Laboratório de Redação, Adriano Chan – um dos principais nomes do assunto no país, formado em Letras com ênfase em Latim e Português, e especialização em Linguística e em Filosofia, mestrado em Comunicação – faz uma ressalva importante: “Em primeiro lugar, para as duas provas, os alunos devem deixar totalmente de lado o estilo de redação utilizado para o Enem”.

Fuvest x Unicamp – No Laboratório de Redação os alunos têm a oportunidade de focar no estilo de redação esperado em cada vestibular. O professor explica que “na Unicamp o aluno deve expandir o tema da coletânea – conjunto de dois ou três textos relacionados ao tema proposto -, e interpretar os seus dados”.

Ele completa ressaltando que “a Unicamp não dá grande enfoque no repertório do candidato, centrando a avaliação na leitura do texto. Há varias gêneros de textos que podem cair e não se podem usar fórmulas pré-concebidas.

Já para a Fuvest, a expectativa dos examinadores é diferente. “A Fuvest foca a análise no assunto debatido e avalia a funcionalidade do repertório do candidato, levando em conta o que ele conhece sobre o tema. E os alunos devem sempre realizar a prova da Fuvest utilizando as técnicas de dissertação”.

Vale relembrar que, para ambas as provas, a correta utilização da gramática da língua portuguesa é fundamental. O curso intensivo comandado por Adriano Chan ainda revela aos alunos inúmeras técnicas e dicas para sucesso nos dois vestibulares. São expostos em sala de aula temas como utilização das teses, a diferença entre os métodos dedutivos e indutivos, entre muitos outros assuntos.

(Redação – Investimentos e Notícias)