10 vantagens de uma franquia para criação de aplicativos

  •  
10 vantagens de uma franquia para criação de aplicativos (Foto: Divulgação) 10 vantagens de uma franquia para criação de aplicativos

O mercado de desenvolvimento de aplicativo, só tende a crescer. Desde que foi lançado o primeiro iPhone, milhares de apps já foram desenvolvidos. O crescente uso de smartphones representa uma mudança irreversível no comportamento dos usuários e suas demandas.

Atualmente, a quantidade de celulares e smartphones ultrapassaram à população mundial. Segundo estudos da GSMA Intelligence, este número superou a marca de 7,19 bilhões. Com grande número de dispositivos móveis, a disponibilidade de aplicativos que integram o cotidiano de lazer, convívio social e trabalho se multiplicaram. De acordo com o portal Statisca (statisca.com), o número de apps disponíveis até julho de 2015 na Apple Store era de 1,5 milhões.

Olhando para todos esses dados, Thiago Almeida , sócio da startup Applicando, abriu um novo modelo de negócios para franquias, onde os franqueados conseguem desenvolver aplicativos com poucos cliques para diversos clientes da sua cidade. Abaixo, seguem 10 vantagens listadas para se abrir uma franquia para criação de apps:

Mercado novo: o mercado de desenvolvimento de aplicativos no Brasil é recente, a produtora de aplicativos mais antiga no mundo tem no máximo 10 anos (vide lançamento do iPhone em 2006);

Baixa concorrência: há poucas produtoras de aplicativos no Brasil e a demanda por aplicativos exclusivos só cresce;

Baixo investimento: a franquia é considerada de baixo custo e alta rentabilidade pelo mercado;

Público-alvo expressivo: grande parte da população brasileira possui um smartphone. Diariamente, milhões de brasileiros usam aplicativos para trocas de mensagem, redes sociais ou delivery; 

Não precisa ter alto conhecimento técnico: com a franquia da Applicando, não é necessário ser especialista no desenvolvimento. Os aplicativos são criados por meio de “Drag and drop”, ou o suporte da Applicando pode criar para você; 

Mercado de App's Faturou 35 bilhões de dólares em 2015: segundo pesquisa realizada pelo MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação), em 2017 este valor pode chegar até 77 bilhões;

Mercado essencial: de acordo com o Instituto IBOPE , metade dos brasileiros tem como principal desejo de consumo os smartphones;

Tecnologia cada vez mais dependente: os brasileiros não vivem hoje mais sem tecnologia e se adaptam cada vez mais rápidos a novos lançamentos;

Processo de criação de app é intuitivo: com uma plataforma voltada justamente para a elaboração de aplicativos, o empreendedor consegue “montar” seu produto sem a necessidade de ter conhecimento em programação. Só precisa arrastar e inserir em cada projeto a funcionalidade disponível;

Home Office: com a franquia da Applicando, por exemplo, há como trabalhar de casa e ser dono do seu próprio negócio - reduzindo muito os custos com transporte e alimentação, entre outros elementos. 

Segundo Almeida, o modelo de negócio já foi testado e possui diversas filiais no Brasil. “A ideia é o franqueado somente se preocupar com a venda, não precisando ter conhecimento técnico para desenvolvimento”. 

O suporte e treinamento também é um diferencial da franquia. Uma central com profissionais de alto nível técnico auxilia no dia a dia da operação, com horário de atendimento excedente ao horário comercial e acessibilidade diferenciada.

(Redação – Agência IN)