Preço anunciado do m² perde para a inflação em 2014, revela FipeZap

  •  
As cidades de Fortaleza e do Rio de Janeiro lideram com a maior alta dos preços Divulgação As cidades de Fortaleza e do Rio de Janeiro lideram com a maior alta dos preços

O aumento anual do preço médio do m² anunciado no Brasil desacelerou novamente em maio, pelo sexto mês consecutivo. O Índice FipeZap Ampliado, que acompanha o preço dos imóveis em dezesseis cidades do Brasil, registrou aumento de 11,7% em comparação com o mesmo mês de 2013. No ano, a alta é de 2,98%. Considerando a variação esperada para o IPCA de maio (que é de 0,45%, segundo o boletim Focus do Banco Central), a variação do preço médio das 16 cidades monitoradas é menor do que a inflação de 2014 (3.32%), caracterizando queda real de preços.

As cidades de Fortaleza e do Rio de Janeiro lideram com a maior alta dos preços (+5,20 e +4,74%) no ano, enquanto Porto Alegre e Brasília apresentam as maiores quedas (-1,33% e -0,42%), em 2014. Em São Paulo a alta no ano até o momento é de +3,59%, com variação positiva em maio de +0,71%. Cabe o registro de que Santo André e São Bernardo do Campo tiveram queda nominal nos preços no mês passado, fato inédito desde que os preços no ABC passaram a ser monitorados pelo Índice FipeZap em 2012.

Os valores médios do m² em maio ficaram entre R$ 10.609 (Rio de Janeiro) e R$ 3.942 (Vila Velha). Em São Paulo foi de R$ 8.060 e a média das 16 cidades foi de R$ 7.494.

(Redação – Agência IN)

Última modificação emQuarta, 04 Junho 2014 11:31