Agenda e Brexit no radar dos investidores

  •  
Agenda e Brexit no radar dos investidores (Foto: Divulgação) Agenda e Brexit no radar dos investidores

As principais bolsas de valores globais devem apresentar perdas nesta terça-feira, 20, com investidores atentos às negociações do Brexit e também aos dados da agenda mundial. Com isso, as bolsas europeias e norte-americanas operam em campo negativo.

Ásia

Na Ásia, as bolsas fecharam o pregão em baixa, com exceção de Tóquio, que fechou a sessão com alta de 0,8%.

Europa

Na Europa, as bolsas apresentam perdas nesta manhã, com investidores de olho nas negociações do Brexit.

Entre os dados locais, a conta corrente na zona do euro alcançou um excedente de € 22 bilhões em abril, de acordo com informações ajustadas sazonalmente divulgadas pelo Banco Central Europeu (BCE). No mês anterior, o número registrado foi de € 35,7 bilhões. Analistas previam uma alta para € 31,3 bilhões para o mês de abril.

Já o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da Alemanha caiu 0,2% em maio deste ano, um resultado abaixo do esperado pelo mercado (-0,1%). Os dados foram divulgados pela agência de estatísticas do País, a Destatis.

EUA

Em Wall Street, o cenário não é diferente e bolsas caem.

Por lá, o déficit da conta corrente aumentou no primeiro trimestre do ano, segundo dados publicados pelo departamento de Comércio. O déficit da conta corrente ficou em US$ 116,8 bilhões entre janeiro e março. No trimestre anterior, o saldo ficou negativo em US$ 114,0 bilhões.

Brasil

Aqui no Brasil, o Ibovespa recua 0,73%, pressionado por Petrobras.

Agenda

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgou nesta terça-feira, 20, que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), na cidade de São Paulo, registrou alta de 0,05% na segunda semana de junho, contra os -0,10% registrados na primeira semana do mês.

Por outro lado, a arrecadação de impostos e contribuições federais chegou a R$ 97,694 bilhões em maio, com queda 0,96% em relação ao mesmo período de 2016. No resultado acumulado de janeiro a maio, o total arrecadado (R$ 544,485 bilhões) subiu 0,35% em relação ao registrado em igual período do ano passado.

Câmbio

Por fim, no mercado de câmbio, o dólar deverá apresentar ganhos em relação às demais moedas globais.

(MR – Agência IN)