Dados dos EUA impulsionam bolsas mundiais

  •  
Dados dos EUA impulsionam bolsas mundiais (Foto: Divulgação) Dados dos EUA impulsionam bolsas mundiais

As principais bolsas de valores globais apresentam ganhos nesta sexta-feira, 05, impulsionadas pela divulgação de dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, o Ibovespa avança 1,15%

Ásia

Na Ásia, as bolsas encerraram o pregão em queda, com exceção da bolsa de Tóquio, que não operou hoje devido ao feriado local.

Europa 

Já na Europa, as bolsas finalizaram com ganhos. Em Frankfurt, o DAX subiu 0,55%, a 12.716 pontos. Em Londres, o FTSE apresentou ganhos 0,68%, aos 7.297 pontos, enquanto o CAC 40 registrou alta de 1,12%, aos 5.432 pontos.

Por lá, o Índice Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de varejo da Zona do Euro avançou para 52,7 pontos em abril deste ano, ante 49,5 pontos no mês anterior, segundo informações divulgadas hoje pelo Instituto Markit Economics.

Já o Índice Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de varejo da Alemanha subiu para 56,2 pontos em abril deste ano, ante 52,5 pontos no mês anterior.

Estados Unidos

Em Wall Street, o cenário não é diferente e bolsas sobem. Com isso, o índice Dow Jones sobe 0,10% aos 20.972 pontos; o S&P 500 sobe 0,17% a 2.393; e a bolsa eletrônica Nasdaq apresenta ganhos de 0,21% aos 6.088 pontos.

A agenda norte-americana ganha destaque. A taxa de desemprego nos Estados Unidos ficou em 4,4% em abril, informou o departamento do Trabalho. O número ficou abaixo dos 4,5% de março e do esperado por analistas (4,6%).

Brasil

Aqui no Brasil, o Ibovespa apresenta ganhos em linha com o exterior. Há pouco, o índice, operava com alta de 1,15%, aos 65.606 pontos. O giro financeiro da bolsa marcava R$ 4.702 bilhões.

Agenda

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) do mês de abril apresentou variação de 0,11%, taxa 0,45 ponto percentual (p.p.) abaixo da apurada em março, quando o índice registrou variação de 0,56%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com este resultado, o indicador acumula alta de 1,30%, no ano e, 3,64%, nos últimos 12 meses.

Empresas

O lucro líquido normalizado da Ser Educacional alcançou R$88,6 milhões no 1T17, ficando 1,4% superior quando comparado ao lucro líquido do 1T16, quando atingiu R$87,4 milhões.

Câmbio

Para finalizar, o dólar opera com perdas de 0,19%. Há pouco, a moeda era vendida a R$ 3,177.

(MR – Agência IN)