Poupar ou gastar, eis a questão!

Os brasileiros têm se mostrado cada vez mais imediatistas e impacientes para se planejar financeiramente. Um levantamento divulgado nesta semana pelo DataFolha e publicado pela Folha de S. Paulo mostra que 65% da população não poupa para o futuro.

Como gastar menos do que você ganha?

Como gastar menos do que se ganha é a pergunta que não quer calar. Afinal, muitas pessoas acreditam que o seu salário não é suficiente para as suas despesas, exigindo uma tomada de ações imediata para que sobre salário no final do mês – discussão importante para a semana que se inicia, já que na próxima quarta-feira, 15 de março, é celebrado o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor.

Aprenda a gastar menos com uma alimentação mais em conta

Nos últimos quatro anos, a inflação dos alimentos chegou perto dos 50%. Significa que o que custava R$ 10,00 em 2011, hoje, fica na casa dos R$ 15,00. O mesmo prato de comida ficou cerca de 50% mais caro. O Datafolha, em conjunto com a ASSERT, realizou uma pesquisa mostrando quanto o brasileiro paga pelo prato, bebida, sobremesa e cafezinho. A combinação custa, em média, R$ 27,36. Para um trabalhador que almoça fora de casa nos 22 dias úteis de cada mês, a conta chega a R$ 601,92 – quase um salário mínimo. O desafio para cada um dos brasileiros é grande. Temos desemprego aumentando, inflação subindo, salários congelados e a perspectiva de melhora está longe.

Assinar este feed RSS