Santander reduz taxa de linha de crédito que permite usar imóvel como garantia

  •  
Santander reduz taxa de linha de crédito que permite usar imóvel como garantia Foto: Divulgação Santander reduz taxa de linha de crédito que permite usar imóvel como garantia

Juros do home equity, que já eram mais competitivos do que outras linhas de financiamento, caem para 1,22% a 1,39% ao mês

O Santander diminui os juros da sua linha de crédito pessoal que permite utilizar o imóvel quitado como garantia. As taxas da modalidade, conhecida como “home equity”, já eram mais competitivas do que as de outros empréstimos, caem de um intervalo de 1,28% a 1,43% ao mês para 1,22% a 1,39% ao mês. Os novos porcentuais são válidos a partir desta sexta-feira 16). 

Amplamente usado nos Estados Unidos, o crédito pessoal com imóvel como garantia permite ao consumidor levantar recursos para organizar suas finanças – por exemplo, ao quitar dívidas de taxas mais altas -, ou para realizar de planos e até usar como capital de giro para empresas.

“Desde o ano passado, quando voltamos a ser mais proativos em oferecer o produto, tivemos retorno imediato dos clientes. Hoje podemos dizer que temos a melhor solução para quem deseja tomar um empréstimo com pagamento no longo prazo”, afirma Gilberto Abreu, diretor executivo de Negócios Imobiliários do Santander.

Para adquirir o financiamento, o cliente Santander tem que possuir um imóvel quitado (próprio ou de terceiros) residencial ou comercial, com valor a partir de R$ 70 mil. A linha de crédito pode ficar entre R$ 30 mil e R$ 2 milhões, limitada a 60% da cotação de avaliação do imóvel. O prazo de pagamento é de 1 ano a 20 anos, em parcelas fixas. O Banco ainda permite o financiamento da tarifa de avaliação do imóvel e do IOF (que podem ser embutidos nas mensalidades), além de uma parcela sem pagar por ano.

(Redação - Agência IN)