Procon-SP não funcionará no dia 30 de outubro

O Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo informa que, devido a transferência do feriado em comemoração ao Dia do Funcionário Público de 28 para 30 de outubro, as audiências, administrativo, Ouvidoria, atendimento telefônico (151), atendimento eletrônico, e os postos de atendimento pessoal, nos Poupatempos Sé, Santo Amaro e Itaquera não funcionarão entre sexta-feira, 30 de outubro, e segunda-feira, 2 de novembro (Dia de Finados). Os Núcleos Regionais do Procon-SP em Campinas, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Ribeirão Preto, Santos, Bauru e Presidente Prudente também acompanham está programação

Preço de produtos de higiene para bebês pode variar 277%

Para orientar o consumidor, a Fundação Procon-SP, órgão ligado a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, fez um levantamento dos preços dos produtos de higiene voltado para bebês. A coleta, realizada entre os dias 17 e 19 de agosto, envolveu 11 produtos de diversas marcas – fralda, lenço/toalha umedecida, creme para assaduras, xampu, condicionador, sabonete líquido e em barra, talco, colônia, loção hidratante e haste flexível – totalizando 245 itens. A maior diferença encontrada foi de 277,54 % no pacote de fraldas Pampers Supersec, XG, 12 a 16kg, 18 unidades, cujo preço variou de R$ 6,99 (Drogaria Onofre) a R$ 26,39 (Futurama Supermercados).

Cesta básica mensal do paulistano tem queda de 1,67%

A pesquisa do custo da cesta básica do paulistano, realizada mensalmente pela Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, constatou que, em julho, o valor da cesta básica na cidade de São Paulo registrou queda de -1,67%. O levantamento, feito em convênio com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), revela que o preço médio que, em 30/6/15, era de R$ 444,62, passou para R$ 437,19 em 31/7/15.

Procon-SP constata alta de 0,17% na cesta básica semanal

O valor da cesta básica no município de São Paulo registrou alta de 0,17%, no período de 26/6/15 a 2/7/15, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, em convênio com o Dieese. O preço médio, que no dia 25/6 era R$ 442,66 passou para R$ 443,40 em 2/7.

Fiscais do Trabalho e do Procon apertam o cerco a pastelarias do Rio

Fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego encontraram hoje (17) nove trabalhadores de pastelarias da região metropolitana do Rio de Janeiro em condições precárias de trabalho e de alojamento, e os levaram para a Delegacia Regional do ministério para colher depoimentos. A ação faz parte da parceria entre a Superintendência Regional de Trabalho e Emprego e o Procon para, mediante cruzamento de denúncias e dados, localizar estabelecimentos que exploram mão de obra e verificar a procedência e qualidade dos produtos servidos aos consumidores.

 

Pesquisa de Natal encontrou diferenças de preços de até 180,89% no mesmo produto na cidade de São Paulo

O Procon estadual de São Paulo realizou pesquisa comparativa de preços com produtos que compõem a ceia de natal e constatou que o valor pago por um mesmo produto, de uma mesma marca, pode variar muito entre os estabelecimentos. Em São Paulo, a maior diferença encontrada foi de 180,89% na Farofa de Carne Seca, cujo preço variou de R$ 1,57 a R$ 4,41.

Assinar este feed RSS