INPC varia -0,25% em maio, mostra IBGE

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em maio apresentou variação de -0,25%, enquanto em abril havia registrado -0,23%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o menor resultado para um mês de maio desde o início do Plano Real. A variação acumulada no ano foi de 0,06% e, nos últimos doze meses, o índice apresentou alta de 2,05%, abaixo dos 2,46% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em maio de 2019, a taxa foi de 0,15%.

Em maio, IBGE prevê alta de 1,8% na safra de grãos

A estimativa de maio de 2020 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas sofreu redução em relação à última estimativa (abril de 2019), mas manteve-se no patamar recorde na série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), alcançando 245,9 milhões de toneladas. Em relação à safra obtida em 2019 (241,5 milhões de toneladas), a estimativa atual é 1,8% superior (mais 4,4 milhões de toneladas); já em relação ao mês anterior, 0,5% inferior (menos 1,1 milhão de toneladas).

Em abril, IBGE prevê alta de 2,3% na safra de 2020

Em abril, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas para 2020 foi estimada em 247,0 milhões de toneladas, 2,3% acima da safra de 2019 (mais 5,5 milhões de toneladas) e 0,8% superior ao mês anterior (mais 1,9 milhão de toneladas), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já a área a ser colhida é de 64,5 milhões de hectares, 2,0% acima da de 2019 (mais 1,3 milhão de ha) e 0,2% maior que a estimativa anterior (mais 152,1 mil ha).

Índice de preços ao produtor varia 1,32% em março

Os preços da indústria variaram 1,32% em março, número superior ao observado na comparação entre fevereiro e janeiro (0,81%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na mesma comparação, 21 das 24 atividades apresentaram variações positivas de preços, contra 20 do mês anterior. O acumulado no ano atingiu 2,50%, contra 1,16% em fevereiro.

IBGE prevê alta de 3,1% na safra de grãos de 2020

A estimativa de fevereiro de 2020 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas alcançou mais um recorde na série histórica do IBGE, chegando a 249,0 milhões de toneladas, 3,1% superior a 2019 (241,5 milhões de toneladas) e com um crescimento de 0,9% (+2,3 milhões de toneladas) em relação ao mês anterior. 

Produção industrial cresce 0,9% em janeiro, mostra IBGE

Em janeiro de 2020, a produção industrial avançou 0,9% frente a dezembro de 2019 (série com ajuste sazonal), interrompendo dois meses de taxas negativas consecutivas, que acumularam recuo de 2,4%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Geração de emprego significa boas notícias para o consumo das famílias, diz MUFG

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou nesta sexta-feira, 28, a taxa de desocupação no País. Segundo o IBGE, a taxa atingiu 11,2% no trimestre móvel encerrado em janeiro de 2020 caindo nas duas comparações: -0,4 ponto percentual (p.p.) em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2019 (11,6%) e -0,8 p.p. em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (12,0%).

 

  • Publicado em Economia

Em janeiro, IBGE prevê alta na safra de grãos de 2020

Em janeiro, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas para 2020 foi estimada em 246,7 milhões de toneladas, 2,2% acima da safra de 2019 (mais 5,3 milhões de toneladas) e 1,5% superior ao 3º Prognóstico (mais 3,5 milhões de toneladas), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já a área a ser colhida é de 64,3 milhões de hectares, 1,7% acima da de 2019 (mais 1,1 milhão de ha) e 0,3% maior que o mês anterior (mais 193,5 milha).

Assinar este feed RSS