IPCA-15 fecha 2020 com alta 4,23%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) subiu 1,06% em dezembro e ficou 0,25 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de novembro (0,81%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a maior variação mensal do índice desde junho de 2018 (1,11%).

  • Publicado em Economia

Volume de serviços aumentou em outubro, mostra IBGE

Em outubro de 2020, o volume de serviços no Brasil avançou 1,7% frente a setembro, na série com ajuste sazonal, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a quinta taxa positiva seguida, acumulando alta de 15,8% no período. Esse resultado sucedeu uma sequência de quatro taxas negativas, entre fevereiro e maio, com perda acumulada de 19,8%.

  • Publicado em Economia

IBGE prevê safra de 256,8 milhões de toneladas para 2021

O segundo prognóstico da produção nacional de grãos, cereais, leguminosas e oleaginosas para 2021 prevê uma safra de 256,8 milhões de toneladas, com alta de 1,9% (ou mais 4,708 milhões de toneladas) em relação a 2020, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

  • Publicado em Economia

IPCA registra variação de 0,89% em novembro

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de novembro foi de 0,89%, 0,03 pontos percentuais acima da taxa de outubro (0,86%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a maior variação para um mês de novembro desde 2015, quando o IPCA foi de 1,01%. No ano, o indicador acumula alta de 3,13% e, em 12 meses, de 4,31%, acima dos 3,92% observados nos 12 meses imediatamente anteriores.

  • Publicado em Economia

Produção industrial cresce em outubro de 2020, mostra IBGE

Em outubro de 2020, a produção industrial cresceu 1,1% frente a setembro, na série com ajuste sazonal, após altas em maio (8,7%), junho (9,6%), julho (8,6%), agosto (3,4%) e setembro (2,8%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em seis meses de alta, o crescimento acumulado foi de 39,0%, eliminando a perda de 27,1% que havia sido acumulada entre março e abril levando a produção industrial ao nível mais baixo da série. Mesmo com o desempenho positivo nos últimos meses, o setor industrial ainda se encontra 14,9% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011.

  • Publicado em Economia

Volume de serviços cresce em setembro, mostra IBGE

Em setembro de 2020, o volume de serviços no Brasil avançou 1,8% frente a agosto, na série com ajuste sazonal, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a quarta taxa positiva seguida, acumulando alta de 13,4% no período. Esse resultado sucedeu uma sequência de quatro taxas negativas, entre fevereiro e maio, com perda acumulada de 19,8%.

  • Publicado em Economia

Vendas no varejo crescem em setembro, mostra IBGE

Em setembro de 2020, o comércio varejista nacional cresceu 0,6% frente a agosto, na série com ajuste sazonal, quinta alta consecutiva desde maio de 2020, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A média móvel trimestral foi de 2,8%. Na série sem ajuste sazonal, em relação a setembro de 2019, o comércio cresceu 7,3%, quarta taxa positiva consecutiva. No acumulado do ano, o varejo registra estabilidade (0,0%), após seis meses no campo negativo. Já o acumulado nos últimos 12 meses aumentou 0,9%.

  • Publicado em Economia

IBGE prevê safra de 253,2 milhões de toneladas para 2021

A primeira estimativa da produção nacional de grãos, cereais, leguminosas e oleaginosas para 2021 prevê uma safra de 253,2 milhões de toneladas, com alta de 0,5% (ou mais 1,248 milhão de toneladas) em relação a 2020, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS