FIRJAN critica interrupção da queda dos juros e defende reformas estruturais

  •  
FIRJAN critica interrupção da queda dos juros e defende reformas estruturais Foto: Divulgação FIRJAN critica interrupção da queda dos juros e defende reformas estruturais

O Sistema FIRJAN considera que não foi acertada a decisão do Copom de interromper o processo de redução da taxa de juros, uma vez que a inflação segue em queda e as projeções encontram-se abaixo do centro da meta estabelecida. Além disso, os dados recentes indicam uma recuperação econômica mais lenta do que o esperado, o que tem resultado em sucessivas revisões para baixo das expectativas de crescimento do PIB.

A agenda de reformas estruturais para a economia brasileira é a única forma de colocar o país nos trilhos e abrir espaço para quedas adicionais da taxa de juros. Deve ser a prioridade não só do governo e do Congresso, como também dos candidatos durante o processo eleitoral. Esse será o fator decisivo para que o crescimento econômico ocorra de forma sustentável, com inflação e juros em patamares baixos.

(Redação - Investimentos e Notícias)