IGP-DI - Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna

  •  
Destaque Índice registrou queda em 2017 Foto: divulgação Índice registrou queda em 2017

Entenda o que é IGP-DI e como este índice é calculado

IGP-DI registra deflação de 0,45% em dezembro

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) foi de -0,45% em dezembro, percentual superior ao apurado no mês anterior, quando havia sido de -1,14%, divulgou nesta terça-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com este resultado, o índice encerra o ano com alta de 7,10%. Em dezembro de 2017, o índice havia subido 0,74% e acumulava queda de -0,42% em 12 meses.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), responsável por 60% do IGP-DI, variou 0,29% em dezembro, ante -0,17% no mês anterior. Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação.

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), responsável por 30% do IGP-DI, registrou em dezembro, a mesma taxa de variação do mês anterior, de 0,13%. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços ficou em 0,23%. No mês anterior, a taxa havia subido 0,29%.

E por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), responsável por 10% do IGP-DI, variou 0,29% em dezembro, ante -0,17% no mês anterior. Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação.

Agora, veja na seção seguinte os valores dos últimos 12 meses do IGP-DI.

Série histórica do IGP-DI

Seguir as variações do IGP-DI é importantíssimo para sentir as movimentações gerais do mercado. As oscilações desse índice fortalecem a base de análises e estratégias de negociações e investimentos.

Para saber a série histórica deste índice, veja abaixo a evolução do IGP-DI nos últimos doze meses:

IGP-DI - série histórica
Mês/Ano Valor (%) Acumulado Ano (%) Acumulado 12 meses (%)
Dez/2018 -0,45 7,10 7,10
Nov/2018 -1,14 7,58 8,38
Out/2018 0,26 8,83 10,51
Set/2018 1,79 8,54 10,33
Ago/2018 0,68 6,63 9,06
Jul/2018 0,44 5,92 8,59
Jun/2018 1,48 5,45 7,79
Mai/2018 1,64 3,91 5,20
Abr/2018 0,43 2,24 2,97
Mar/2018 0,56 1,30 0,76
Fev/2018 0,15 0,73 -0,19
Jan/2018 0,58 0,58 -0,27
Dez/2017 0,74 -0,4231 -0,4231
Nov/2017 0,80 -1,1545 -0,3341
Out/2017 0,10 -1,9390 -1,0757
Set/2017 0,62 -2,0370 -1,0460
Ago/2017 0,24 -2,6406 -1,6263
Jul/2017 -0,30 -2,8737 -1,4398
Jun/2017 -0,96 -2,5815 -1,5288
Mai/2017 -0,51 -1,6372 1,0464
Abr/2017 -1,24 -1,1329 2,7120
Mar/2017 -0,38 0,1084 4,3760
Fev/2017 0,06 0,4903 5,2247
Jan/2017 0,43 0,4300 5,9924
Dez/2016 0,83 7,1533 7,1533

Fonte: FGV

O que é IGP-DI?

O IGP-DI é um dos modelos divulgados do Índice Geral de Preços. O IGP é visto em 3 tipos diferentes: IGP-DI, IGP-M e IGP-10. A diferença entre eles é o período que os dados são coletados. Para entender os 3 índices, basta conhecer a metodologia do IGP em geral.

O Índice Geral dos Preços foi criado na década de 1940 com o seguinte objetivo: ser uma medida extensiva do movimento de preços do mercado brasileiro, uma vez que abrange diferentes etapas do processo produtivos. Assim, o IGP, inclusive o IGP-DI, é visto como um termômetro da evolução do nível de atividade econômica do país.

O IGP é calculado a partir da média aritmética ponderada de 3 índices de preços diferentes: o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) e o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção). Cada um deles ganha um peso diferente para o cálculo do índice geral. O IPA é responsável por 60%, o IPC por 30% e o INCC por apenas 10% do total.

As principais funções do IGP se separam em 3 diferentes pontos:

  1. Ser um importante indicador macroeconômico que monitora a evolução geral dos preços.
  2. Ser um coeficiente de correção de preços para contratos.
  3. Ser o deflator de valores nominais, ou seja, o coeficiente utilizado para identificar movimentos reais.

Além disso, o IGP-DI é utilizado como indexador de dívidas dos Estados com a União.

Resumo: ficha técnica do IGP-DI

Confira uma rápida ficha técnica sobre esse índice e verifique as principais informações sobre o IGP-DI de forma resumida.

- Para que ele serve?

O IGP-DI é um indicador macroeconômico, indexador de preços e deflator de valores nominais.

- Qual é sua abrangência?

Os três modelos de IGP têm abrangência nacional.

- Quais setores são incluídos em seu cálculo?

O IGP não leva a palavra Geral em seu nome à toa. Os setores que esse índice abrange são: Agricultura, Comércio Varejista, Construção Civil, Indústria e Serviços.

- Quando as informações são coletadas?

Como foi dito anteriormente, cada versão do IGP tem um período de coleta diferente. O IGP-DI é coletado do primeiro ao último dia do mês, a do IGP-M ocorre entre os dias 21 do mês anterior até o dia 20 do mês seguinte e o IGP-10, por sua vez, entre os dias 11 e 10.

- Quem é responsável pela apuração deste índice?

O IGP é elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

- Qual é a periodicidade do índice?

Os valores do IGP-DI são atualizados mensalmente.

Quer conhecer outros índices fundamentais a economia brasileira? Veja também:

- IPA-M