PMI composto do Brasil avança em novembro

  •  
Destaque PMI composto do Brasil avança em novembro (Foto: Pexels) PMI composto do Brasil avança em novembro

O Índice Consolidado de dados de Produção subiu de 50,5 em outubro para 51,6 em novembro, atingindo um recorde de alta de nove meses, na metade do último trimestre de 2018, segundo dados do Instituto Markit Economics. O movimento para cima refletiu um crescimento mais forte tanto no volume de produção do setor industrial quanto na atividade do setor de serviços.

Vale destacar que ao subir para 51,3 em novembro, em relação ao valor de 50,5 em outubro, o Índice de Atividade de Negócios do setor de serviços, PMI — IHS Markit para o Brasil, sazonalmente ajustado, atingiu um recorde de alta de nove meses. 

O aumento no crescimento do volume de produção foi ajudado pelo fortalecimento na quantidade de entrada de pedidos. O nível de novos negócios do setor privado como um todo se expandiu pelo segundo ritmo mais rápido em quase seis anos, com o crescimento aumentando tanto no setor industrial quanto no de serviços.

Porém, somente os produtores de mercadorias criaram empregos. O crescimento dos níveis de empregos no setor industrial foi moderado, ainda que o mais rápido desde março. Com o número de funcionários no setor de serviços revelando um declínio renovado, o nível de empregos no setor privado se contraiu, revertendo a recuperação observada no início do último trimestre.

Por fim, houve tendências divergentes no grau de sentimento positivo em relação aos negócios. O otimismo entre os produtores de mercadorias alcançou um pico para as séries, enquanto que a confiança das empresas do setor de serviços diminuiu ligeiramente em relação ao recorde de alta de cinco anos registrado em outubro.

(Redação – Investimentos e Notícias)