Prévia do IIE-Br sinaliza tendência de desaceleração

  •  
Prévia do IIE-Br sinaliza tendência de desaceleração (Foto: Pexels) Prévia do IIE-Br sinaliza tendência de desaceleração

A prévia do Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas sinaliza uma queda de 2,2 pontos em agosto, para 161,7 pontos. Após o quarto mês em queda, o IIE-Br devolveria 51% da alta de 95,4 pontos observada no bimestre março-abril.

“O tímido recuo na prévia de agosto corrobora a tendência de desaceleração do ritmo de queda do Indicador de Incerteza. O componente de expectativas continua, pelo quinto mês, acima de 200 pontos, refletindo as imensas dificuldades de se prever cenários para o futuro. Pelo andar da carruagem, a não ser que boas notícias no front da saúde, da economia e no campo político ocorram, o indicador deverá se manter em patamares muito elevados até pelo menos o final desde ano”, afirma Anna Carolina Gouveia, Economista da FGV IBRE.

O componente de Mídia recuou 1,3 ponto, para 142,8 pontos, nesta prévia de agosto. O componente de Expectativas, recuou 3,7 pontos, para 212,2 pontos. Ambos os componentes ainda estão em patamares considerados extremamente elevados, com destaque para o de expectativas, que devolvendo até o momento apenas 16% das altas ocorridas entre março e maio.

(Redação – Investimentos e Notícias)