Setor de serviços varia -0,2% em março

  •  
Destaque Setor de serviços varia -0,2% em março (Foto: Pexels) Setor de serviços varia -0,2% em março

Em março, o setor de serviços variou -0,2% em relação a fevereiro (série com ajuste sazonal), após permanecer estável em fevereiro (0,0%) e cair em janeiro (-1,9%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação a março de 2017 (série sem ajuste sazonal), o volume de serviços variou -0,8%, contra os -2,3% de fevereiro e os -1,5% em janeiro. O acumulado no ano ficou em -1,5% e o dos 12 meses, em -2,0%.

A variação negativa foi acompanhada por três das cinco atividades investigadas, com destaque para serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,8%). 

Os demais resultados negativos vieram dos segmentos de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (-0,8%) e de outros serviços (-0,4%). Já os impactos positivos vieram de serviços de informação e comunicação (2,3%) e os serviços prestados às famílias (2,1%). O agregado das atividades turísticas subiu 2,0% em relação a fevereiro.

Apenas 8 dos 27 estados acompanharam o índice nacional (-0,2%) e tiveram recuo no volume dos serviços em março de 2018, na comparação com fevereiro. Entre os resultados negativos, destaque para o Rio Grande do Sul (-2,9%), que teve a terceira taxa negativa seguida, com perda acumulada de 7,3% nesse período. As principais taxas positivas vieram do Rio de Janeiro (0,8%), do Distrito Federal (4,1%) e de São Paulo (0,2%).

Por fim, o índice de atividades turísticas avançou 2,0% em relação a fevereiro de 2018. Oito das doze unidades da federação acompanharam este crescimento, com destaque para a expansão vinda de São Paulo (7,2%), Ceará (5,4%), Pernambuco (2,7%), Santa Catarina (2,0%) e Rio Grande do Sul (1,9%). Já a Bahia (-1,5%) assinalou a queda mais importante.