Comércio é setor que espera vender mais neste Dia dos Pais

O Comércio é o setor mais otimista em relação ao aumento das vendas no Dia dos Pais em 2019, de acordo com a Pesquisa Perspectiva Empresarial da Boa Vista, feita para a data comemorativa. Entre os empresários deste setor, 49% esperam um crescimento nas vendas do Dia dos Pais em comparação à data do ano passado. Outros 29% esperam vendas iguais, 22% preveem um cenário de queda nas vendas para a data deste ano.

 

Dia dos Pais tem o melhor desempenho dos últimos seis anos

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio – Dia dos Pais 2018 teve seu melhor desempenho dos últimos seis anos. Durante a semana da data, de 06 a 12 de agosto, as vendas subiram 3,9% em relação ao período equivalente do ano anterior (07 a 13 de agosto). No final de semana do Dia dos Pais (10 a 12 de agosto), houve aumento de 1,1% em todo o país na comparação com o final de semana equivalente ao do ano anterior (11 a 13 de agosto).

Intenção de compras para o Dia dos Pais cresce em 2018

Cresceu em 14 pontos percentuais (p.p.) a intenção de compra de presentes para este Dia dos Pais, na comparação com o mesmo período de 2017. Este ano, 40% dos cerca de 1.300 respondentes da Pesquisa Hábitos de Consumo da Boa Vista SCPC, feita especialmente para esta data, disseram que gastarão mais com a compra do presente para o pai. 

Dia dos Pais deve movimentar quase R$ 14 bi no varejo

Embora os brasileiros ainda estejam sensíveis aos efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, a maioria (61%) dos consumidores deve ir às compras neste Dia dos Pais – o dado é levemente superior aos 55% de entrevistados que realizaram compras na mesma data do ano passado. A conclusão é de um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Ao todo, a expectativa é de que quase 93 milhões de pessoas façam alguma compra no período, o que deve movimentar uma cifra aproximada de R$ 13,9 bilhões nos setores do comércio e serviços.

Dia dos Pais deve movimentar R$ 14 bi no varejo

Embora os brasileiros ainda estejam sensíveis aos efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, a maioria (61%) dos consumidores deve ir às compras neste Dia dos Pais – o dado é levemente superior aos 55% de entrevistados que realizaram compras na mesma data do ano passado. A conclusão é de um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Ao todo, a expectativa é de que quase 93 milhões de pessoas façam alguma compra no período, o que deve movimentar uma cifra aproximada de R$ 13,9 bilhões nos setores do comércio e serviços.

Vendas para o Dia dos Pais podem crescer 3%

Uma pesquisa realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo) mostra que as vendas para o Dia dos Pais devem crescer em até 3% com ticket médio de compras entre R$ 100,00 e R$ 150,00. No entanto, pequenas e médias cidades do interior do estado esperam tickets menores entre R$ 60,00 e R$ 100,00.

Dia dos Pais movimenta R$1,94 bilhão no e-commerce

O Dia dos Pais, celebrado no último domingo (13), movimentou R$1,94 bilhão no e-commerce, alta de 10,1% ante aos R$1,76 bilhão registrados no ano passado. O número de pedidos expandiu 5,1%, de 4 milhões para 4,2 milhões, enquanto o tíquete médio foi de R$462, alta de 4,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Ebit, empresa referência em informação sobre o comércio eletrônico brasileiro.

Assinar este feed RSS