IPCA de abril fica em 0,57%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de abril foi de 0,57% e ficou 0,18 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa de março (0,75%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação acumulada no ano foi de 2,09%. Essas duas variações são as maiores para um mês de abril desde 2016 (0,61% e 3,25%, respectivamente). O acumulado dos últimos doze meses foi para 4,94%, contra os 4,58% nos 12 meses imediatamente anteriores. Em abril de 2018, a taxa foi de 0,22%.

Ibovespa tenta se recuperar

O Ibovespa tenta se recuperar após cenário otimista com os trâmites da reforma, porém, o cenário externo pressionou fortemente o dólar que alcançou R$4,00 na quinta-feira (25), dificultando a recuperação do índice.

Alimentos e combustíveis elevam IPCA para 0,75% em março

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de março foi de 0,75% e ficou 0,32 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de fevereiro (0,43%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta foi a maior taxa para um mês de março desde março de 2015 (1,32%). Para o professor do mestrado em Economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pedro Raffy Vartanian, o resultado veio ligeiramente acima das expectativas e foi causado, principalmente, pelo grupo “alimentação e bebidas” e “transportes”.

IPCA fica em 0,75% no mês de março de 2019

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de março foi de 0,75% e ficou 0,32 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de fevereiro (0,43%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta foi a maior taxa para um mês de março desde março de 2015 (1,32%). 

IPCA-15 varia 0,54% em março

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) variou 0,54% em março, mostrando aceleração em relação à taxa de fevereiro (0,34%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação foi a maior para um mês de março desde 2015, quando o índice foi de 1,24%. 

Assinar este feed RSS