Abate de bovinos cai no1º trimestre de 2020

No 1º trimestre de 2020 foram abatidas 7,25 milhões de cabeças de bovinos, 8,5% inferior ao do 1º trimestre de 2019 e 10,2% a menos do que no trimestre imediatamente anterior, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este resultado foi o menor, desde 2012. 

Em maio, IBGE prevê alta de 1,8% na safra de grãos

A estimativa de maio de 2020 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas sofreu redução em relação à última estimativa (abril de 2019), mas manteve-se no patamar recorde na série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), alcançando 245,9 milhões de toneladas. Em relação à safra obtida em 2019 (241,5 milhões de toneladas), a estimativa atual é 1,8% superior (mais 4,4 milhões de toneladas); já em relação ao mês anterior, 0,5% inferior (menos 1,1 milhão de toneladas).

Conab sustenta estimativa de produção

Apesar do impacto causado pelos problemas climáticos na Região Sul sobre a produtividade de soja e milho, o volume da produção de grãos no país está estimado em 250,9 milhões de toneladas, 3,6% ou 8,8 milhões de t superior ao colhido em 2018/19. Em relação ao levantamento passado (abril/2020), houve uma queda de 0,4%, mas a estimativa de safra recorde para essas duas culturas se mantém. É o que aponta o 8º Levantamento da Safra 2019/2020, divulgado nesta terça-feira (12) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Em abril, IBGE prevê alta de 2,3% na safra de 2020

Em abril, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas para 2020 foi estimada em 247,0 milhões de toneladas, 2,3% acima da safra de 2019 (mais 5,5 milhões de toneladas) e 0,8% superior ao mês anterior (mais 1,9 milhão de toneladas), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já a área a ser colhida é de 64,5 milhões de hectares, 2,0% acima da de 2019 (mais 1,3 milhão de ha) e 0,2% maior que a estimativa anterior (mais 152,1 mil ha).

IBGE prevê alta de 1,5% na safra de grãos de 2020

A estimativa de março de 2020 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas teve redução em relação à última estimativa, mas se mantém no patamar de recorde na série histórica, alcançando 245,2 milhões de toneladas, sendo 1,5% superior à obtida em 2019 (241,5 milhões de toneladas), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O declínio de 3,9 milhões de toneladas representa um decréscimo de 1,6% em relação ao mês anterior.

Em 2019, cresce o abate de bovinos, suínos e frangos

O abate de bovinos cresceu 1,2% em 2019, atingindo 32,44 milhões de cabeças, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a terceira alta consecutiva na série histórica anual, após as quedas registradas entre 2014 e 2016. O abate de suínos aumentou 4,5% e atingiu novo recorde, chegando a 46,33 milhões de cabeças. O abate de frangos também subiu 1,9% em 2019, depois de dois anos de queda, totalizando 5,81 bilhões de cabeças de frango.

IBGE prevê alta de 3,1% na safra de grãos de 2020

A estimativa de fevereiro de 2020 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas alcançou mais um recorde na série histórica do IBGE, chegando a 249,0 milhões de toneladas, 3,1% superior a 2019 (241,5 milhões de toneladas) e com um crescimento de 0,9% (+2,3 milhões de toneladas) em relação ao mês anterior. 

Abate de bovinos cai e de suínos e frangos sobe no 4T19

No 4º trimestre de 2019, foram abatidas 8,04 milhões de cabeças de bovinos, o que representa uma variação negativa de 1,8% na comparação com o mesmo trimestre de 2018, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o 3° trimestre de 2019, houve queda de 5,4%.

Assinar este feed RSS