Confiança do comércio sobe em maio, mostra FGV

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas subiu 6,2 pontos em maio, passando de 61,2 (mínimo da série histórica) para 67,4 pontos. Nos dois meses anteriores, o índice havia acumulado perdas de 38,6 pontos e chegado ao menor nível da série histórica.

Confiança do Comércio recua em abril

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas recuou 26,9 pontos em abril, a maior queda em toda a série iniciada em abril de 2010. O ICOM passou de 88,1 para 61,2 pontos, também registrando o mínimo da série histórica. Em médias móveis trimestrais, o índice caiu 12,3 pontos.

Atividade do comércio cai 16,2% em março

A atividade do comércio brasileiro em março deste ano teve a maior queda no comparativo mensal da série histórica, iniciada em 2000. A redução foi de 16,2%, na comparação com fevereiro/20, feitos os devidos ajustes sazonais, segundo o Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian. 

Vendas em supermercados sobem 15,8% em fevereiro

As vendas nos supermercados brasileiros aumentaram 15,8% em fevereiro em comparação ao mesmo mês do ano passado. O resultado já está deflacionado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em relação a janeiro, a alta foi de 4,61%. No acumulado do ano até fevereiro, comparado ao mesmo período do ano passado, o setor registrou alta de 10,35%. Os dados, divulgados hoje (6), são da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Movimento do Comércio cai 1,5% em fevereiro, diz Boa Vista

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, cedeu 1,5% em fevereiro na comparação mensal dessazonalizada, de acordo com dados apurados pela Boa Vista. Na avaliação acumulada em 12 meses, o indicador subiu 1,3%. Já em relação ao mesmo mês de 2019, o varejo apontou crescimento de 0,8%.

Confiança do comércio recua em março/2020

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas caiu 11,7 pontos em março, a maior queda em toda a série iniciada em abril de 2010. O ICOM passou de 99,8 para 88,1 pontos, o menor valor desde agosto de 2017 (85,6 pontos). Em médias móveis trimestrais, o índice recuou 2,9 pontos.

Assinar este feed RSS