INCC-M recua em julho

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou, em julho, taxa de variação de 0,80%, abaixo do resultado do mês anterior, de 1,25%. No ano, o índice acumula variação de 5,56% e, nos últimos 12 meses, a taxa registrada é de 7,22%. 

Em junho, o crédito imobiliário atingiu R$ 9 bilhões, segundo Abecip

A diminuição do número de dias de trabalho influenciou os resultados do crédito imobiliário no mês passado. Em junho de 2014, o volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis somou R$ 9 bilhões, recuo de 7% em relação a maio. Na comparação com junho de 2013 - quando se registrou o maior volume mensal dos últimos 20 anos, de R$ 11,2 bilhões - houve redução de 19%. Apesar do menor número de dias úteis, em decorrência da Copa do Mundo, junho mostrou o segundo melhor resultado para o mês na história recente do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), informou nesta quinta-feira a entidade que representa as financiadoras do setor, Abecip.

Emprego na construção brasileira cresce 0,94% no 1º semestre

O nível de emprego na construção cresceu 0,94% no primeiro semestre do ano, com o saldo entre demissões e contratações ficando positivo em 32,7 mil, segundo pesquisa elaborada pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas). Com o resultado, ao final do junho o número de trabalhadores do setor somava 3,512 milhões.

Custo da construção civil recua em junho, revela IBGE

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo IBGE em parceria com a CAIXA, apresentou variação de 0,59% em junho, ficando 0,47 ponto percentual abaixo da taxa de Maio (1,06%). O acumulado de janeiro a junho foi de 3,68%, contra 4,10 em igual período de 2013. Estes resultados acumulados levam em conta a desoneração da folha de pagamento de empresas do setor da construção civil prevista na lei 12.844, sancionada em 19 de julho de 2013. 

ABRAMAT aponta para vendas regulares da indústria em julho

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT) divulga o termômetro mensal, referente ao desempenho de vendas em curto prazo no mercado interno. O termômetro revela que a indústria de materiais de construção considera como regulares as vendas no mês de junho. Os índices apontam vendas regulares para 52% das empresas, enquanto que para 15%, as vendas foram boas.

Vendas de material de construção recuam 8% em junho

Segunda pesquisa divulgada ontem, 03, pela Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), as vendas do setor tiveram uma retração de 8% em junho no comparativo com o mês de maio. Com relação a junho de 2013, o resultado foi 2,5% menor. Já no acumulado do ano, o desempenho está 3,5% abaixo.

Custo da construção sobe no Estado de São Paulo

O SindusCon-SP e a Fundação Getulio Vargas (FGV) anunciaram nesta terça-feira, 01, que o Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil do Estado de São Paulo, calculado sobre as obras não incluídas na desoneração da folha de pagamentos, registrou alta de 2,77% em junho, frente a maio.

Assinar este feed RSS