Desocupação cresce em 14 das 27 UFs no 1T19

No Brasil, a taxa de desocupação no 1º trimestre de 2019 foi de 12,7%, 1,1 ponto percentual acima do trimestre anterior (11,6%) e 0,4 p.p ponto percentual abaixo do 1º trimestre de 2018 (13,1%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As maiores taxas foram observadas no Amapá (20,2%), Bahia (18,3%) e Acre (18,0%), e a menores, em Santa Catarina (7,2%), Rio Grande do Sul (8,0%) e Paraná e Rondônia (ambos com 8,9%).

Taxa de desocupação é de 12,4% no trimestre

A taxa de desocupação (12,4%) no trimestre móvel encerrado em fevereiro de 2019 subiu 0,9 ponto percentual (p.p.) em relação ao trimestre de setembro a novembro de 2018 (11,6%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação ao trimestre móvel de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018 (12,6%), o quadro foi de estabilidade.

Taxa de desocupação foi de 12,4% no trimestre

A taxa de desocupação (12,4%) no trimestre de abril a junho de 2018 teve queda (-0,7 ponto percentual) em relação ao trimestre de janeiro a março de 2018 (13,1%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já em relação ao mesmo trimestre móvel do ano anterior (13,0%), houve queda (-0,6 ponto percentual).

Taxa de desocupação fica em 13,1% no trimestre

A taxa de desocupação (13,1%) no trimestre móvel de janeiro a março de 2018 cresceu 1,3 ponto percentual em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2017 (11,8%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o mesmo trimestre móvel do ano anterior, janeiro a março de 2017 (13,7%), houve queda de 0,6 ponto percentual.

Taxa de desocupação cresce 0,6 p.p. no trimestre

A taxa de desocupação (12,6%) no trimestre de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018 subiu 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre de setembro a novembro de 2017 (12,0%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já em relação ao mesmo trimestre móvel do ano anterior (13,2%), houve queda (-0,6 ponto percentual).

Taxa de desocupação recua no 4º trimestre

No 4º trimestre de 2017, a taxa de subutilização da força de trabalho (que agrega os desocupados, os subocupados por insuficiência de horas e os que fazem parte da força de trabalho potencial) ficou em 23,6%, o que representa 26,4 milhões de pessoas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No 3º trimestre de 2017, para Brasil, essa taxa foi de 23,9% e, no 4º trimestre de 2016, de 22,2%. Já a taxa média anual para 2017 ficou em 23,8%.

  • Publicado em Economia

Taxa de desocupação recua no trimestre, mostra IBGE

A taxa de desocupação (12,4%) no trimestre julho-agosto-setembro 2017, recuou 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre abril-maio-junho (13,0%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação ao mesmo trimestre de 2016, quando a taxa foi de 11,8%, houve alta de 0,6 ponto percentual.

Taxa de desocupação é de 13,3% entre março e maio

A taxa de desocupação foi estimada em 13,3% no trimestre março-abril-maio 2017, permanecendo estável em relação ao trimestre dezembro-janeiro-fevereiro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, quando a taxa foi estimada em 11,2%, o quadro foi de elevação (2,1 pontos percentuais). Esta foi a maior taxa de desocupação para o trimestre terminado em maio desde o início da série da pesquisa, no 1º trimestre de 2012.

Assinar este feed RSS