IPC-DI recua para 0,21% em dezembro

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), outro componente do IGP-DI da Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou variação de 0,21%, em dezembro, ante 0,36%, no mês anterior. Três das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram decréscimo em suas taxas de variação. A contribuição de maior magnitude para o recuo da taxa do IPC partiu do grupo Habitação (0,77% para -0,33%). Nesta classe de despesa, vale mencionar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de 3,98% para -2,93%.

Hortaliças e Legumes derruba taxa do IPC-DI

O Índice Geral de Preços no conceito de Disponibilidade Interna (IGP-DI) divulgado hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) captou queda nos preços do grupo alimentação. Em julho, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,10%, ante 0,33%, no mês anterior. Sete das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram decréscimo em suas taxas de variação. A contribuição de maior magnitude para o recuo da taxa do IPC partiu do grupo Alimentação (0,08% para -0,25%). Nesta classe de despesa, vale mencionar o comportamento do item hortaliças e legumes, cuja taxa passou de -8,82% para -12,95%.

Assinar este feed RSS