Produção industrial recua 2,4% em março, mostra IBGE

Em março de 2021, a produção industrial caiu 2,4% frente a fevereiro, na série com ajuste sazonal, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Frente a março de 2020, a indústria avançou 10,5%, sétima taxa positiva consecutiva nessa comparação e a maior desde junho de 2010 (11,2%). A indústria acumula alta de 4,4% no primeiro trimestre de 2021, intensificando o ritmo de crescimento frente ao último trimestre de 2020 (3,4%). O acumulado em doze meses (-3,1%) teve o recuo menos intenso desde abril de 2020 (-2,9%).

Produção industrial cai 0,7% em fevereiro

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a produção industrial do país recuou 0,7% em fevereiro frente a janeiro, na série com ajuste sazonal, interrompendo nove meses de resultados positivos consecutivos, período em que acumulou alta de 41,9%.

Produção industrial dos EUA cai 2,2% em fevereiro de 2021

A produção industrial nos Estados Unidos recuou -2,2% em fevereiro de 2021, na comparação com o mês anterior, segundo informações divulgadas hoje pelo Federal Reserve (Fed, Banco Central dos EUA). Analistas previam ganhos de 0,6%. Em janeiro, o indicador avançou 1,1%.

Produção industrial cresce 0,4% em janeiro, mostra IBGE

Em janeiro de 2021, a produção industrial cresceu 0,4% frente a dezembro, na série com ajuste sazonal, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Após nove meses de alta, o setor acumulou crescimento de 42,3%, eliminando a perda de 27,1% registrada entre março e abril, que havia levado a produção ao nível mais baixo da série. Mesmo com o comportamento positivo nos últimos meses, o setor industrial ainda se encontra 12,9% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011.

Produção industrial avança 0,9% em dezembro

Em dezembro de 2020, a produção industrial cresceu 0,9% frente a novembro, na série com ajuste sazonal, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Após oito meses de alta, o setor acumulou crescimento de 41,8%, eliminando a perda de 27,1% registrada entre março e abril, que havia levado a produção ao nível mais baixo da série.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS