Ações locatícias registram queda em São Paulo no mês de junho

Em junho, foram protocoladas da cidade de São Paulo 1.498 ações locatícias, de acordo com informações obtidas pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Esse desempenho representa uma variação negativa de 3,5% em relação ao mesmo mês de 2013 (1.552 ações) e de 16,3% em comparação com maio de 2014, quando foram registradas 1.789 ocorrências. "A quantidade de ações pode se dever, como gostaríamos, à estabilização do patamar de inadimplemento e consequente ajuizamento. Ou, ainda, ao foco mantido por todos na Copa do Mundo, que acarretou até a redução no horário de atendimento dos fóruns", afirma Jaques Bushatsky, diretor de Legislação do Inquilinato do Secovi-SP. Em junho, além da interrupção do trabalho em dias de jogos do Brasil, foi decretado feriado no dia de abertura da Copa e, na semana seguinte, nova parada em razão de Corpus Christi.

 

Cesta básica em São Paulo tem queda de 1,18%

De acordo com a Fundação Procon-SP, o valor da cesta no município de São Paulo apresentou queda de 1,18% no período de 11/7 a 17/7/14. Dos 31 produtos pesquisados, 16 apresentaram queda de preço de acordo com a pesquisa diária realizada pelo órgão em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O preço médio que no dia 10/7 era R$ 408,60 passou para R$ 403,77 em 17/7.

Vendas de imóveis novos em SP recuam em maio

A Pesquisa Secovi-SP do Mercado Imobiliário do mês de maio aponta que as vendas de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo mantiveram ritmo semelhante aos dos últimos meses do ano. Na Capital, foram comercializadas 2.080 unidades, resultado 3,1% menor que o de abril, com 2.147 imóveis vendidos.

Cesta básica tem alta de 0,99% em São Paulo, segundo Procon-SP

De acordo com a Fundação Procon-SP, o valor da cesta no município de São Paulo apresentou alta de 0,99% no período de 4/7 a 10/7/14. Dos 31 produtos pesquisados, 18 apresentaram alta de preço de acordo com a pesquisa diária realizada pelo órgão em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O preço médio que no dia 3/7 era R$ 404,61 passou para R$ 408,60 em 10/7/14.

São Paulo é o segundo Estado que mais importa produtos têxteis

Em relação ao mesmo período do ano passado, de janeiro a maio deste ano, somente em relação às importações de vestuário feitas pelo Estado de São Paulo , houve um aumento de 16,4%.
Sendo assim, São Paulo foi o Estado que mais importou produtos têxteis e confeccionados se levado em consideração os primeiros cinco meses de 2014.

Plano Diretor de São Paulo é o melhor já aprovado, afirma Valter Caldana

Ontem foi aprovado pela Câmara Municipal de São Paulo o novo Plano Diretor. Dentre as principais medidas estão o adensamento populacional por meio de eixos de transporte, que tem como finalidade colocar uma quantidade maior de pessoas morando próximo às linhas de ônibus e metrô, a fim de reduzir o deslocamento. Além disso, a iniciativa busca definir quais os bairros que apresentam áreas adequadas para receber moradias populares, bem como quais destas necessitam de uma preservação ambiental. O projeto ainda prevê algumas medidas para atualizar outras leis importantes, como a do Uso e Ocupação do Solo, o limite para vagas de garagem e o Código de Edificações. Foram 26 emendas aprovadas, em uma votação que contou com 44 votos a favor e 8 contra. Isto vai servir de norte para a cidade durante os próximos 16 anos.

Assinar este feed RSS