Taxa de vacância nos escritórios de alto padrão cai em SP

A taxa de vacância nos escritórios paulistanos de alto padrão segue a tendência de queda em relação aos últimos trimestres e atinge o índice de 18%, dado alcançado somente em 2013. É o menor resultado nos últimos cinco anos. Os dados, medidos trimestralmente pela Colliers International Brasil, revelam que as taxas mais baixas estão no Itaim Bibi e JK (ambos com 2%), Vila Olímpia (7%) e Barra Funda (9%). Já os maiores índices são encontrados em Santo Amaro (50%), Chácara Sto. Antônio (46%) e Marginal Pinheiros (29%). "Nossa previsão de redução na taxa de vacância tem se concretizado trimestre a trimestre e deve continuar assim nos próximos meses. Temos poucos empreendimentos corporativos a serem entregues nos próximos anos e isso abrirá uma janela para que os preços voltem a crescer", acrescenta Ricardo Betancourt, presidente da Colliers Brasil.

Custo da construção paulista sobe 0,22% em abril

O Custo Unitário Básico (CUB) da indústria da construção do Estado de São Paulo registrou alta de 0,22% em abril, na comparação com o mês anterior. O dado é do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e da FGV (Fundação Getulio Vargas). O CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos das construtoras, utilizado na atualização financeira dos contratos de obras.

São Paulo registra crescimento de usuários de planos de saúde

O número de beneficiários de planos de saúde no Estado de São Paulo aumentou no último ano. Os dados são referentes ao mês de fevereiro e foram disponibilizados nesta sexta-feira (05) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). No período, SP apresentou o maior aumento absoluto de usuários de planos médico-hospitalares no país: 136,8 mil novos convênios.

 

Bovespa fecha com pequena alta de 0,40%

O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, fechou o pregão nesta quinta-feira (21) em alta de 0,40%, aos 96.932,27 pontos. O volume financeiro somou R$ 16.209 bilhões.

 

Ford anuncia fechamento da planta de São Bernardo do Campo, em SP

Como parte da ampla reestruturação de seu negócio global, a Ford Motor Company anuncia que deixará de atuar no segmento de caminhões na América do Sul. Como consequência, a empresa encerrará as operações de manufatura na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) ao longo de 2019 e deixará de comercializar as linhas Cargo, F-4000, F-350 e Fiesta assim que terminarem os estoques.

Assinar este feed RSS

Warning: mysqli_close(): Couldn't fetch mysqli in /home/investimentosenoticias/www/libraries/joomla/database/database/mysqli.php on line 141