Vendas do Dia dos Namorados caíram 5%, revela FecomercioSP

O faturamento do comércio paulistano no Dia dos Namorados caiu 5% neste ano em relação ao mesmo período de 2013, segundo apurou a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).
De acordo com os empresários ouvidos pela Entidade, o cartão de crédito foi a modalidade de pagamento mais utilizada pelos paulistanos para as compras (61%), seguida por pagamento à vista (33%), por cheque pré-datado (5%) e por crediário (1%).

Vendas no varejo caem 8,63% e registram pior resultado em cinco anos

O cenário atual do mercado varejista não é nada positivo. As vendas do período que antecede o Dia dos Namorados, de 5 a 11 de junho, registraram queda de 8.63% em relação ao mesmo período de 2013. Há cinco anos não havia um resultado tão insatisfatório, segundo dados do SPC Brasil (Serviço Nacional de Proteção ao Crédito), que foram divulgados pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas).

 

 

Vendas no varejo variam -0,4% em abril, revela IBGE

Em abril, o comércio varejista do país registrou queda de -0,4% no volume de vendas e alta de 0,6% na receita nominal, ambas as variações com relação ao mês anterior, ajustadas sazonalmente. Nas demais comparações, o varejo nacional apresentou, em termos de volume de vendas, acréscimo da ordem de 6,7% sobre abril do ano anterior, 5,0% no acumulado do primeiro quadrimestre do ano; e 4,9% no acumulado dos últimos 12 meses. Nas mesmas comparações a receita nominal de vendas assinalou taxas de 13,5%, 11,1% e de 11,8%, respectivamente.

Varejo cresce 5,5% em maio, revela Índice Cielo

A receita de vendas do comércio varejista apresentou alta de 5,5% em maio, descontada a inflação, em relação ao mesmo mês de 2013. Em abril, a alta foi de 4,8%, na comparação com o mesmo período de 2013. É o que mostra o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), divulgado nesta quarta-feira (11). Na receita de vendas nominal, o crescimento foi de 12,5% em maio e de 11,9% em abril na comparação com 2013.

Venda de veículos fica praticamente estável em maio

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, apresentou na quinta-feira, 5, em São Paulo, o desempenho da indústria automobilística em maio. Os dados apontam estabilidade no licenciamento: a diferença entre os 293,4 mil autoveículos comercializados no quinto mês de 2014 e os 293,2 mil de abril do mesmo ano não chegou a 200 unidades.

  • Publicado em Carros

Logan e Sandero impulsionam vendas da Renault

Em maio, a Renault do Brasil atingiu participação de mercado histórica de 7,8%, impulsionada, principalmente, pelos ótimos resultados de vendas de Novo Logan, Sandero e Master. Com 21.579 unidades emplacadas, a marca registrou volume 19,1% superior a maio de 2013, enquanto o mercado teve queda de 7,7%, na mesma comparação. No acumulado do ano, os emplacamentos da Renault alcançaram 92.497 unidades, um aumento de 12,8% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto o mercado sofreu queda de 5,3%. Com este resultado a Renault foi a marca que mais cresceu em market share no mercado brasileiro no período de janeiro a maio, com um crescimento de 1,1 ponto percentual.

  • Publicado em Carros

Vendas a prazo no comércio recuam pela 3ª vez consecutiva

O indicador de vendas a prazo no comércio, calculado pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), repetiu o comportamento de baixa verificado nos últimos dois meses e recuou -2,08% no mês de maio, em relação ao mesmo período do ano passado.

Assinar este feed RSS