Consumidores apostam cada vez mais em cartões de débito e crédito

Foi-se o tempo em que a maioria das pessoas usava cheque para fazer compras. Graças à praticidade e à segurança dos cartões de crédito e de débito, muitos têm recorrido a eles na hora de pagar as contas. De acordo com dados do BC (Banco Central) divulgados este mês, foram realizadas 1,3 bilhões de transações com cheques, que equivalem a uma queda de 9,3% em relação a 2013. O número atual representa o menor volume desde 2007, data do início do relatório. O estudo apontou ainda que, com a queda do uso dos cheques, as outras formas de pagamento cresceram consideravelmente: 18,89% por meio de cartão de débito, 16,7% com débito diretor e 11,69% por cartão de crédito.

Desenvolve SP fará novo leilão de créditos de ICMS

A Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista realizará no próximo dia 4 de junho, o terceiro leilão público de direitos sobre créditos acumulados de ICMS do Estado de São Paulo. O novo certame será eletrônico, realizado pela Cetip S/A Mercados Organizados. Neste leilão, serão disponibilizados R$ 10 milhões, distribuídos em 10 cotas.

Cooperativas de crédito de livre admissão crescem 100%

O número de cooperativas de crédito de livre admissão cresceu 100% nos últimos dois anos no Estado, segundo levantamento do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de São Paulo (Sescoop/SP).  O número dessas cooperativas saltou de seis, em dezembro de 2011, para 12, em dezembro de 2013.

Operações de crédito do sistema financeiro crescem 0,6% em abril

O Banco Central informou hoje que as operações de crédito do sistema financeiro alcançaram R$2.777 bilhões em abril, com crescimentos de 0,6% no mês e 13,4% em doze meses, comparativamente a variações respectivas de 1% e 13,7% verificadas no mês anterior. A evolução mensal refletiu as elevações de 0,9% e 0,4% nos saldos destinados a famílias e empresas, que somaram R$1.294 bilhões e R$1.483 bilhões, nessa ordem. A relação crédito/PIB manteve o patamar de 55,9%, enquanto, em abril do ano anterior, situava-se em 54,1%.

Saiba como utilizar adequadamente o crédito consignado

O número de colaboradores de empresas, aposentados e pensionistas que pedem empréstimos com desconto em folha de pagamento é muito alto, o que faz com que essa se torne uma das principais formas de endividamento da população, e se essa ferramenta for utilizada sem educação financeira esse problema pode se tornar muito sério. Segundo dados que consideram apenas os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), houve uma leve retração na obtenção dessa forma de crédito.

Assinar este feed RSS