Receita disponibiliza aplicativo para auxiliar contribuintes

Com o intuito de descomplicar ainda mais a vida dos contribuintes a Receita lançou um dispositivo que auxiliará os contribuintes a organizarem os documentos necessários para prestação de conta com o Leão em 2015. O aplicativo, que já está disponível no site da Receita, é uma espécie de esboço que o contribuinte faz antes de realizar a declaração do IR. O programa, que também pode ser acessado através de dispositivos móveis, tem como função base arquivar comprovantes de despesas com dependentes, médicos, dentistas, rendimentos, pagamentos efetuados ao longo do ano e movimentação de bens e direitos. Uma vez arquivado, os comprovantes poderão ser importados posteriormente para a declaração do imposto de renda.

Paim defende correção da tabela do Imposto de Renda

O senador Paulo Paim (PT-SP) defendeu em Plenário, nesta sexta-feira (31), a correção da defasagem na tabela do Imposto de Renda. Conforme afirmou, os trabalhadores enfrentam prejuízos por uma defasagem de 62%, acumulada entre 1996 e 2013, resultado da diferença entre as correções feitas na tabela e a inflação no período.

Em alguns casos não é válido antecipar o IR, explica professor do Mackenzie

Vários bancos já começaram a oferecer a antecipação do valor das restituições do Imposto de Renda desde a divulgação pelo governo do início do período de pagamento. Para o professor da Faculdade Mackenzie Rio, Márcio Pereira Nunes, tal adiantamento pode, nem sempre, representar uma opção vantajosa e, portanto, é fundamental estar sempre atento às taxas de juros cobradas pelas instituições financeiras.

Receita abre amanhã consulta ao primeiro lote de restituição do IR

A partir das 9h de amanhã (11), 1.361.028 contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano ou estavam na malha fina de outros anos vão saber quando receberão a restituição. A Receita Federal abrirá consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda Pessoa Física de 2014, além de lotes residuais de 2008 a 2013. Ao todo, o Fisco desembolsará R$ 2 bilhões.

Assinar este feed RSS