Saiba se está na malha fina e o que fazer nessa situação

Já é possível saber se a declaração do IR está na malha fina, sendo que o sistema da Receita Federal é muito rápido e logo após o envio já se pode constatar se houve alguma falha no ajuste de contas com o Governo.

Essa verificação se dá por cruzamento de dados de diversas outras entidades como INSS, empresas médicas, escolas, bancos, imobiliárias e administradoras de cartão de crédito, que são obrigadas a enviar esses dados ao fisco que compara com o declarado. Em caso de dados que não estejam de acordo, a declaração fica retida na malha fina.

 

4,9 milhões ainda não entregaram declaração do IR

Faltando um dia para o fim do prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2017, a Receita Federal recebeu 23.463.958 declarações. O volume equivale a 82,6% dos 28,3 milhões de declarações esperadas. O balanço leva em conta os envios até as 17h.

2,6 milhões de declarações do IR já foram entregues em SP

O total de declarações do Imposto de Renda recebido pela Receita Federal no estado de São Paulo não atingiu ainda nem a metade do esperado, faltando menos de um mês para o término do prazo fixado pela Receita Federal. Iniciado no último dia 2 de março, o prazo para o contribuinte entregar o documento termina às 23h59 do próximo dia 28. Até à meia-noite de ontem (4), foram entregues 2,6 milhões de declarações da capital e interior paulista, quando o esperado girava em torno de 9 milhões.

Vale a pena antecipar a restituição do IR?

Muita gente, nessa época do ano, busca por um serviço que, embora possa parecer uma mão na roda, é perigoso, se não for feito com cautela: a antecipação da restituição do Imposto de Renda. Além de considerar os juros, é preciso ter certeza de que a declaração entregue está inteiramente correta, pois o contribuinte pode cair facilmente na malha fina e ter que arcar com o empréstimo do próprio bolso.

Receita abre consulta a lotes residuais de restituição do IR

Lotes residuais de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física, referentes aos exercícios de 2008 a 2016, estarão disponíveis para consulta a partir das 9h de hoje (8). Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na internet ou ligar para o número 146.

Assinar este feed RSS