Bolsa de Nova York fecha com Dow Jones e S&P no vermelho

Nos Estados Unidos, os índices acionários da bolsa de Nova York reagiram negativamente nesta sexta-feira, 28. O índice S&P 500 terminou a sessão recuando pelo sétimo pregão seguido, o que levou o indicador a sofrer sua maior queda semanal desde a crise financeira de 2008.

 

Ibovespa se recupera de fortes perdas e fecha em alta de 1,15%

O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, voltou a se recuperar e fechou a sexta-feira, 28, em alta, após quedas significativas nas sessões anteriores. O índice brasileiro encerrou o pregão com valorização de 1,15%, aos 104.171,57 pontos, mas terminou a semana acumulando forte queda de 8,37%. No mês, o indicador também acumulou perdas, de 8,43%. O volume financeiro somou R$ 39,929 bilhões.

 

Coronavírus impacta bolsa dos EUA, Dow Jones cai 0,46%

Nos Estados Unidos, o índice S&P 500 recuou pelo quinto dia consecutivo em uma sessão marcada pela volatilidade. Os investidores do mercado americano reagiram às últimas notícias sobre a disseminação do coronavírus pelo mundo. Com isso, a bolsa de Nova York resolveu tirar o pé do acelerador e avaliar as consequências econômicas desse novo surto.

 

Wall Street sofre retração, Dow Jones recua 0,43%

Nos Estados Unidos, a bolsa de Wall Street perdeu força nesta quinta-feira, 13 e acabou recuando. Após recordes atingidos no último pregão, Nova York viu seus índices acionários caírem, com investidores analisando possíveis novos estragos do coronavírus no mundo, além de balanços corporativos mistos.

Assinar este feed RSS