Carteira recomendada da Toro Investimentos para fevereiro

  •  
Carteira recomendada da Toro Investimentos para fevereiro (Foto: Pexels) Carteira recomendada da Toro Investimentos para fevereiro

A Toro Investimentos divulgou nesta sexta-feira (01) sua carteira recomendada de ações para o mês de fevereiro, apostando nos ativos da Aliansce (ALSC3), Petrobras (PETR4), IRBrasil (IRBR3), Azul (AZUL4) e Santander (SANB11).

Empresas 

As ações da empresa Aliansce (ALSC3) romperam a região de resistência de R$19,70, consolidando a tendência de alta. Na ponta contrária, o suporte consolidado na região R$18,80 serve como referência para o movimento altista. Caso seja perdido, pode reverter a tendência e gerar uma entrada de fluxo mais vendedor. 

As ações de Petrobras (PETR4) trabalham em tendência de alta, apesar da congestão formada no curtíssimo prazo. O rompimento da resistência próximo a R$26,00 deve dar fôlego para a força compradora buscar região de R$27,75. O suporte do patamar de R$24,65 é um ponto importante, o qual, se perdido, pode levar a cotação de Petrobras a patamares próximos de R$22,65.

A tendência de alta para as ações IRBrasil (IRBR3) está muito bem consolidada e acreditamos na continuidade desta. O rompimento da resistência da região de R$90,85 pode gerar entrada de volume mais comprador e impulsionar o ativo para patamares mais elevados. O suporte próximo a R$78,00 é um ponto importante de concentração de compradores. Se for perdido, pode reverter a tendência de alta.

A companhia aérea Azul (AZUL4) negocia em tendência de alta e precisa superar resistência do patamar de R$38,00 para seguir negociando com fluxo mais comprador no médio prazo. O suporte da região de R$34,35 é bem consolidado e caso venha a ser perdido pode abrir espaço para quedas maiores.

O Santander (SANB11) negocia em tendência de alta bem consolidada. No momento, os preços seguram no suporte da média móvel de 21 períodos e acreditamos que devem voltar para o movimento de alta nos próximos dias. A resistência próxima a R$50,65, caso rompida, renova a expectativa de alta e poderemos ver a entrada de fluxo comprador. Por outro lado, o suporte da região de R$43,65, se for perdido, pode levar à reversão da tendência.

(Redação - Investimentos e Notícias)