Melhores investimentos com pouco dinheiro: onde investir em 2019

  •  
Melhores investimentos com pouco dinheiro: onde investir em 2019 Foto: divulgação

Com a virada do ano, muitos brasileiros estão criando suas resoluções de ano novo. E entre promessas de perda de peso e melhorar a qualidade de vida, há também quem deseje cuidar melhor do próprio dinheiro.

No entanto, é notável que muitas pessoas no país passam por um momento desafiador financeiramente, diante da queda de renda e do avanço do desemprego. Diante disso, muitos acabam desistindo de organizar as finanças e buscar melhores investimentos que a poupança.

De fato, a caderneta ainda é a preferida da maioria dos brasileiros. Segundo o Indicador de Reserva Financeira, criado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 60% dos brasileiros que poupam dinheiro aplicam o dinheiro na poupança.

A facilidade de acesso, a praticidade e a isenção de Imposto de Renda da caderneta são algumas das vantagens que atraem e mantém a popularidade da aplicação. Outras modalidades, apesar de estarem crescendo como é o caso do Tesouro Direto, ainda não conseguiram alcançar a fama da caderneta.

Investimentos menos conhecidos, mesmo que ofereçam retornos melhores que a poupança, ainda têm pouca adesão. Fundos de investimentos foram citados por 6% dos entrevistados, a previdência privada teve 6% das menções, enquanto o Tesouro Direto foi escolhido por outros 6%, a Bolsa de Valores por 4% e CDBs por 3% dos participantes.

Isso ainda sem contar aqueles que não consideram algum tipo de investimento. No pódio atrás da poupança, estão outros 24% dos participantes que afirmaram que mantêm o dinheiro poupado dentro de casa, e 22% que disseram deixar os recursos na própria conta corrente.

A falta de informação e os mitos sobre investir além da poupança são alguns dos obstáculos que ainda mantém muitos brasileiros longe de melhores rentabilidades. O falso senso comum de que investir é algo exclusivo de pessoas com alto poder aquisitivo, é uma das questões que atrapalham os brasileiros a otimizarem suas finanças.

Existem algumas modalidades, no entanto, que oferecem segurança e bons retornos, e não exigem altos valores para começar a investir. A seguir, alguns dos melhores investimentos com pouco dinheiro:

Tesouro Direto

O programa criado através de uma parceria do Tesouro Nacional com a Bolsa de Valores do Brasil é um dos primeiros passos para quem deseja aplicar dinheiro além da caderneta de poupança.

Os títulos públicos vêm conquistando muitos adeptos. De setembro de 2017 ao mesmo mês de 2018, o número de investidores cadastrados aumentou 56%. Esse crescimento é também devido à facilidade de investir pela internet e também pelo baixo valor mínimo exigido. É possível comprar títulos a partir de R$30.

Certificado de Depósito Bancário

O CDB é um título já bastante conhecido por quem investe através de bancos, pois este é um título privado emitido por instituições dessa natureza.

Eles também podem render bem mais que a poupança e ainda oferecem a vantagem da garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que protege o investidor caso o banco emissor declare falência, por exemplo.

Algumas corretoras de valores oferecem oportunidades que cabem em vários bolsos. Em alguns casos, é possível investir em CDB a partir de R$100.

Fundos de investimento

Para quem deseja dar um passo a mais e aproveitar opções na renda variável, existe a possibilidade de investir em fundos de investimento. Quem deseja participar dessa modalidade pode adquirir cotas, de acordo com o capital disponível.

Além disso, também existem diferentes tipos de fundos, alguns focados em renda fixa e outros mais voltados para a renda variável. Portanto, é importante buscar uma opção que se encaixe nas expectativas do investidor.

Uma informação importante para se ter atenção é quanto aos valores cobrados de taxa de administração e de performance. Se as taxas forem altas, podem prejudicar os rendimentos, especialmente de quem não possui altos valores para investir.

Bolsa de Valores

Apesar de muitas pessoas ainda acreditarem que a Bolsa é um ambiente muito seletivo, é necessário pontuar que atualmente esta é uma modalidade bastante democrática. Além disso, oferece retornos maiores que a renda fixa, se tornando portanto um dos melhores investimentos do ano.

Investir em ações ou outros ativos na Bolsa de Valores depende muito mais de uma estratégia bem definida do que de altos valores. Hoje em dia, há como começar a investir na Bolsa a partir de R$200.