Rentabilidade dos títulos públicos cai no semestre

O IMA-B5+, índice da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) que acompanha as variações das carteiras de títulos públicos (NTN-Bs) com vencimentos acima de cinco anos, fechou o primeiro semestre com retorno negativo de 0,71%. Até abril, o IMA-B5+ apresentava a melhor performance no ano entre os demais indicadores do IMA (Índice de Mercado ANBIMA). A piora das expectativas do cenário político e econômico a partir do fim de maio impactou os resultados e reverteu essa trajetória do índice.

Greve dos caminhoneiros impacta títulos públicos

A greve dos caminhoneiros tem reflexos no mercado de renda fixa. Desde quarta-feira, 23, o IMA, índice da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) que mostra as variações das carteiras de títulos públicos, registrou queda de 0,37%. Os índices de prazos mais longos apresentaram as perdas mais significativas: o IMA-B 5+, subíndice que é composto por NTN-Bs acima de cinco anos, e o IRF-M 1+, que acompanha os prefixados acima de um ano, recuaram 1,24% e 0,55% respectivamente.

Taxas dos títulos públicos caem após IPCA de abril

A divulgação do IPCA (Índices de Preços ao Consumidor Amplo) de abril, que ficou abaixo do que o mercado projetou, contribuiu para a queda das taxas dos títulos públicos refletidos nos índices da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). O movimento é contrário ao que vinha sendo observado no início desta semana.

BC realiza venda de LTN, NTN-B e NTN-F

O Banco Central (BC) realiza nesta sexta-feira (5) leilões de venda com Letras do Tesouro Nacional (LTN), Notas do Tesouro Nacional série F (NTN-F) e Notas do Tesouro Nacional série B (NTN-B) com compromisso de recompra.

Vendas de títulos públicos pela internet caem 4,6% em novembro

As vendas de títulos públicos a pessoas físicas pela internet caíram em novembro, mas bateram recorde para o mês. Segundo balanço divulgado há pouco pelo Tesouro Nacional, o Programa Tesouro Direto vendeu R$ 1,072 bilhão no mês passado. O valor é o maior registrado para o mês, porém 4,6% inferior ao de outubro, quando as vendas tinham atingido R$ 1,124 bilhão. O número de investidores ultrapassou 600 mil.

Vendas de títulos públicos pela internet caem 26% em outubro

As vendas de títulos públicos a pessoas físicas pela internet caíram em outubro, mas bateram recorde para o mês. Segundo balanço divulgado há pouco pelo Tesouro Nacional, o Programa Tesouro Direto vendeu R$ 1,124 bilhão no mês passado. O valor é o maior registrado para o mês, porém 26% inferior ao de setembro, quando as vendas tinham atingido R$ 1,518 bilhão.

Assinar este feed RSS