Indústria brasileira de fundos tem captação líquida de R$ 17,1 bi

A indústria brasileira de fundos de investimento teve captação líquida de R$ 17,1 bilhões entre os dias 1º e 13 de setembro, de acordo com as estatísticas da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). O destaque é para a classe de renda fixa, com ingressos líquidos de R$ 10,9 bilhões no período. No ano, até 13 de setembro, a indústria de fundos acumula captação líquida de R$ 190,6 bilhões.

(Redação - Investimentos e Notícias)

ANBIMA reduz para 5% estimativa da Selic em 2019

A ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) anunciou que o Grupo Consultivo Macroeconômico da instituição reduziu pela terceira vez consecutiva a projeção da taxa básica de juros no fim deste ano, para 5%. Em junho, a ANBIMA havia anunciado que a projeção era de 5,75% e em julho havia passado para 5,25%.

  • Publicado em Economia

Indústria brasileira de fundos tem captação líquida de R$ 3,8 bi

A indústria brasileira de fundos de investimento teve captação líquida de R$ 3,8 bilhões entre os dias 1º e 6 de setembro, de acordo com as estatísticas da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). O destaque é para a classe de renda fixa, com ingressos líquidos de R$ 1,5 bilhão no período. No ano, até 6 de setembro, a indústria de fundos acumula captação líquida de R$ 176,2 bilhões.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Títulos públicos atingem a menor rentabilidade dos últimos 12 meses

Segundo dados da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), os títulos públicos apresentaram em agosto o menor retorno dos últimos 12 meses. A rentabilidade do IMA-Geral, índice que acompanha a variação média desses papéis em mercado, foi de 0,16% no mês e de 9,12% no acumulado de 2019.

Indústria brasileira de fundos tem captação líquida de R$ 26,2 bi

A indústria brasileira de fundos de investimento teve captação líquida de R$ 26,2 bilhões entre os dias 1º e 16 de agosto, de acordo com as estatísticas da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). No ano, até 16 de agosto, a indústria de fundos acumula captação líquida de R$ 194,3 bilhões.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Captação líquida dos fundos de investimento cresce 226% em 2019

A indústria de fundos alcançou R$ 161,7 bilhões de captação líquida de janeiro a julho deste ano, valor 226% maior que o registrado no mesmo período do ano passado (R$ 49,6 bilhões). De acordo com dados da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), os aportes foram liderados pelos fundos multimercados e de ações, que somaram R$ 37,9 bilhões e R$ 32,6 bilhões, respectivamente.

Assinar este feed RSS