Fundos imobiliários atingem a marca de 1 milhão de cotistas

Os fundos imobiliários atingiram a marca de 1 milhão de cotistas. O recorde foi alcançado no primeiro semestre deste ano, de acordo com dados da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), e representa mais que o dobro do número de contas ativas no mesmo período de 2018 (400,2 mil).

Captação líquida dos fundos de ações cresce 99%

Os fundos de ações alcançaram captação líquida de R$ 38,8 bilhões entre janeiro e agosto deste ano. Dados da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) mostram que o volume é quase o dobro dos R$ 19,5 bilhões registrados no mesmo período de 2018. Apenas em agosto, os ingressos líquidos desses produtos somaram R$ 7,4 bilhões, maior captação da classe para este ano.

Investimentos de fundos de venture capital crescem no 1S19

Os investimentos dos fundos de venture capital no Brasil registrados no primeiro semestre apontam para crescimento do montante aplicado em startups no ano em comparação com 2018, se mantido o ritmo de aportes dos investidores no país até dezembro. Estudo da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP) e da KPMG aponta que, entre janeiro e junho de 2019, foram investidos R$ 3,4 bilhões por estes fundos, mais da metade do registrado no ano passado, cujo acumulado anual foi de R$ 6 bilhões.

Indústria brasileira de fundos tem captação líquida de R$ 24,6 bi em julho

A indústria brasileira de fundos de investimento teve captação líquida de R$ 24,6 bilhões entre os dias 1º e 26 de julho, de acordo com as estatísticas da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). No ano, até 26 de julho, a indústria de fundos acumula captação líquida de R$ 162,7 bilhões.

(redação - Investimentos e Notícias)

Indústria de fundos alcança R$ 5 trilhões de patrimônio líquido

O patrimônio líquido da indústria de fundos chegou a R$ 5 trilhões nesta terça-feira, 18. A marca histórica representa 74% do PIB (Produto Interno Bruno) brasileiro (considerando o fechamento do PIB em 2018). Ao todo, são mais de 16,4 milhões de contas ativas. A captação acumulada no ano foi de R$ 156,2 bilhões. De acordo com ranking mundial da IIFA (Associação Internacional de Fundos de Investimento), o Brasil ocupa o 10º lugar entre as maiores indústrias de fundos do globo.

 

Indústria brasileira de fundos capta R$ 44,5 bilhões em maio

A indústria brasileira de fundos de investimento captou R$ 44,5 bilhões entre os dias 1º e 24 de maio, de acordo com as estatísticas da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). O destaque do período é da classe de Renda Fixa, cujos fundos registraram ingressos líquidos de R$ 9 bilhões. No ano, até 24 de maio, a indústria de fundos acumula captação líquida de R$ 86,1 bilhões.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Assinar este feed RSS