Maior oferta pressiona valores da laranja

  •  
Maior oferta pressiona valores da laranja Foto: Divulgação Maior oferta pressiona valores da laranja

O mercado de laranja in natura continua enfraquecido no estado de São Paulo. Segundo colaboradores consultados pelo Cepea, o ritmo de processamento ainda lento e a maior oferta de laranjas da safra 2017/18 mantêm elevado o volume de fruta no segmento de mesa.

Na média parcial da semana (de terça a quinta-feira), a laranja pera foi comercializada a R$ 24,37/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 9,8% frente à semana passada. Para a lima ácida tahiti, além da maior oferta, as cotações têm sido pressionadas pelas demandas interna e externa enfraquecidas.

Alguns produtores da variedade, inclusive, ainda não voltaram a colher a fruta, devido aos menores preços. Na média parcial desta semana, a tahiti foi negociada a R$ 11,46/cx de 27 kg, colhida, queda de 19,4% em relação à anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br.

(Redação - Agência IN)