Maior produção reforça movimento de queda nos preços dos ovos

  •  
Maior produção reforça movimento de queda nos preços dos ovos (Foto: Divulgação) Maior produção reforça movimento de queda nos preços dos ovos

O mercado de ovos segue pressionado nesta segunda quinzena de setembro. Segundo pesquisadores do Cepea, além da oferta elevada (maior produção devido à primavera e à entrada de ovos caipira), a típica retração da demanda nesse período do mês reforçou as desvalorizações. O maior volume de ovos produzido neste ano, em relação aos anteriores, também tem influenciado as quedas. Além disso, os descartes de poedeiras mais velhas têm ocorrido, ainda que lentamente, desde o fim de agosto. Essa prática eleva a oferta de ovos de tamanhos menores, o que acaba pressionando também os valores dos maiores (extra). Entre 12 e 19 de setembro, o ovo tipo extra, branco, para retirar em Bastos (SP) se desvalorizou 3,7%, com a caixa com 30 dúzias passando para a média de R$ 43,84 nesta sexta-feira, 19. (Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br)

(Redação – Agência IN)