Mozak lança exclusivo residencial no Leblon

  •  
Mozak lança exclusivo residencial Essência no Leblon Foto: Divulgação Mozak lança exclusivo residencial Essência no Leblon

A Mozak - construtora especializada no segmento de luxo - lança o exclusivo residencial Essência, no Leblon. Localizado em um dos maiores e mais cobiçados terrenos do bairro, o empreendimento terá uma área de mais de 1600 m², que abrange toda a Rua Juquiá, próximo às ruas José Linhares e Cupertino Durão e aos polos gastronômicos da Dias Ferreira e Conde de Bernadotte. Além de ficar próximo do que há de melhor na zona sul, como a Praia do Leblon, a estação Antero de Quental do Metrô, melhores bares, restaurantes e academias da cidade e também do shopping Rio Design Leblon.

O residencial contará com dois blocos e 79 apartamentos de 75,64 m² a 186,17 m², de dois a quatro quartos e até duas vagas na garagem. Os clientes poderão optar por personalização das unidades e fechamento da varanda. Uma equipe treinada e qualificada estará no stand de informações no local para tirar dúvidas a respeito do produto. O VGV do empreendimento é de mais de R$ 240 milhões. O Leblon e o estilo de vida leve são o ponto central da inspiração do projeto.

O empreendimento ainda contará com 19 lojas no térreo, que poderão abrigar serviços diversos, desde conveniência até bares e restaurantes. Esses estabelecimentos trarão uma nova dinâmica para a região da Rua Juquiá, criando ali um novo polo de entretenimento e consumo.

O Essência traz outros dois grandes diferenciais: área de lazer, como: salão gourmet, sauna e sala de repouso, academia, piscina aquecida, espaço baby e teen. E serviços, compartilhados pelo condomínio, como bikes, lavanderia, oficina para pequenos reparos, calibrador digital e carregadores para carros e bicicletas elétricas.

Além das utilidades compartilhadas, existem também os serviços pay-per-use, que tornam o empreendimento atrativo para quem quer ter mais tempo de desfrutar a família e para quem mora sozinho e quer praticidade.

Beleza e funcionalidade fazem parte do projeto do Essência. A arquitetura colaborativa integra, em total sintonia, fachada e elementos do entorno. O projeto arquitetônico é de Inácio Obadia e a concepção de interiores e fachada terá a assinatura André Piva. O paisagismo é do Rodrigo Oliveira e o projeto de iluminação é do Maneco Quinderé.

Segundo Piva, o Essência traz um projeto de linhas horizontais leves e elegantes. Varandas com lâminas finas de concreto são criadas, formando linhas horizontais. Intercaladas por vegetação e brises de madeira. Os tons de cinza, mel e verde do paisagismo criam um volume imponente, mas acolhedor.

O paisagismo proposto por Rodrigo brinca pelos brises da fachada e varandas, trazendo conforto térmico e visual para os apartamentos, unindo design, luminosidade e natureza.

Brises iluminados na fachada, em harmonia com a área interna dos apartamentos é a proposta de Maneco. A iluminação do edifício demarcará os elementos de arquitetura e paisagismo, destacando os mesmos. Já o projeto arquitetônico de Inácio visa o conforto e luminosidade, proporcionando acolhimento e bem-estar.

Na questão da segurança, o Essência terá equipamentos que permitem o monitoramento do acesso de pessoas ao edifício e às unidades independentes, seja através de câmeras, sensores, alarmes entre tantos outros ferramentas disponíveis. O que existe de mais avançado em recursos tecnológicos.

No Essência, a tecnologia estará presente em todo desenvolvimento do projeto, como: wi-fi nas áreas comuns, fechadura via cartão RFID, sonorização de ambientes, irrigação para áreas comuns, tomadas USB nas áreas comuns e nas unidades residenciais, infraestrutura para cabeamento de fibra óptica, painel touch screen para automação de luz, ar condicionado e câmera.

A tecnologia também é aliada da sustentabilidade. O Essência é um edifício sustentável e reflete essa combinação natural X digital. Para os moradores, os impactos são diversos: um lugar mais saudável para morar, o verde que melhora a qualidade do ar e a conscientização para a preservação dos recursos naturais. O empreendimento terá coleta seletiva, medidor individual de gás e água, sistema Dual Flush nas áreas comuns, sensor de presença, lâmpadas de LED nas áreas comuns e chuveiros e torneiras que liberam uma quantidade pré-estabelecida de água também nas áreas comuns. Respeitar a natureza e reutilizar materiais não é mais uma opção, é uma realidade para a qual o residencial está preparado.

(Redação - Investimentos e Notícias)